29 de junho de 2012

Calculo exato

Este site e bem legal. Super útil.

Dá pra resolver qualquer problema de cálculo. Espalhem para o maior número de pessoas possíveis.

Faça uma simulação / teste. Emite até recibo.

Este site é para deixar no arquivo para sempre, mais completo impossível.


Você encontra todos os cálculos disponíveis, agrupados por assunto.

- Cálculos financeiros: Variação de índices, aplicação de correção monetária e juros.

- Trabalhistas: Rescisão de contrato de trabalho CLT e empregado doméstico, salário anual. 


- Dívidas vencidas: Boletos bancários, cartão de crédito, cheque especial, outros.  
  
- Cálculos periciais: Avaliação de valor de imóveis, avaliação de aluguéis e rescisão de contrato de trabalho. 


- Conversão de unidades: Conversão de medidas, peso, volume, temperatura, Etc.


- Aluguéis: Cálculo de reajustes e dívidas.


- Viagens: Fuso horários, conversão de moeda e orçamentos de viagem.


- Empregados domésticos: Férias, salário, décimo terceiro e rescisão.


- Outros sites: Cálculo de IPVA, cálculos judiciais, tarifas dos Correios e Expurgo do FGTS.







…leia mais

28 de junho de 2012

Revele a foto com os olhos


INSTRUÇÕES: 

1. Fixe seu olhar no ponto vermelho no nariz da garota por 30 segundos; 
2. Vire seus olhos para uma superficie plana, o teto ou uma parede branca; 
3. Pisque os olhos várias vezes rapidamente ao mesmo tempo em que olha Para o teto ou parede… 







…leia mais

27 de junho de 2012

TUDO QUE VICIA COMEÇA COM "C"

Por alguma razão que ainda desconheço, minha mente foi tomada por uma ideia um tanto sinistra: vícios.

Refleti sobre todos os vícios que corrompem a humanidade. Pensei, pensei e,de repente, um insight: tudo que vicia começa com a letra C!

De drogas leves a pesadas, bebidas, comidas ou diversões, percebi que todo vício curiosamente iniciava com cê.

Inicialmente, lembrei do cigarro que causa mais dependência que muita droga pesada. Cigarro vicia e começa com a letra c. Depois, lembrei das drogas pesadas: cocaína, crack e maconha. Vale lembrar que maconha é apenas o apelido da cannabis sativa que também começa com cê.

Entre as bebidas super populares há a cachaça, a cerveja e o café. Os gaúchos até abrem mão do vício matinal do café mas não deixam de tomar seu chimarrão que também – adivinha – começa com a letra c.

Refletindo sobre este padrão, cheguei à resposta da questão que por anos atormentou minha vida: por que a Coca-Cola vicia e a Pepsi não? Tendo fórmulas e sabores praticamente idênticos, deveria haver alguma explicação para este fenômeno. Naquele dia, meu insight finalmente revelara a resposta. É que a Coca tem dois cês no nome enquanto a Pepsi não tem nenhum.

Impressionante, hein?

E o  computador e o  chocolate?   Estes dispensam comentários.  Os vícios alimentares conhecemos aos montes, principalmente daqueles alimentos carregados com sal e açúcar. Sal é cloreto de sódio. E o açúcar que vicia é aquele extraído da cana.

Algumas músicas também causam dependência. Recentemente, testemunhei a popularização de uma droga musical chamada “créeeeeeu”. Ficou todo o mundo viciadinho, principalmente quando o ritmo atingia a velocidade… cinco.


Nesta altura, você pode estar pensando: sexo vicia e não começa com a letra C. Pois você está redondamente enganado. Sexo não tem esta qualidade porque denota simplesmente a conformação orgânica que permite distinguir o homem da mulher. O que vicia é o “ato sexual”, e este é denominado coito.

Pois é. Coincidências ou não, tudo que vicia começa com cê. Mas atenção: nem tudo que começa com cê vicia. Se fosse assim, estaríamos salvos pois a humanidade seria viciada em Cultura

Luiz Fernando Veríssimo 





…leia mais

21 de junho de 2012

'Hora extra' no smartphone causa riscos à saúde


Continuar trabalhando em smartphones, tablets e laptops depois de deixar o escritório pode causar dores nas costas e pescoço, além de estresse.

O alerta é feito pela Chartered Society of Physiotherapy, associação que representa os fisioterapeutas do Reino Unido.

Após uma pesquisa online com 2.010 funcionários de escritórios, a organização concluiu que quase dois terços das pessoas continuam trabalhando no caminho de volta do trabalho ou em casa, e que essas pessoas se tornaram "escravas de telas".

Segundo a Chatered Society of Physiotherapy, os ambientes desse trajeto podem permitir a adoção de uma má postura no uso dos dispositivos móveis, e esta muitas vezes contribui para dores nas costas e na nuca.

Entre os pesquisados, a média de horas extras trabalhadas por meio de smartphones, tablets e computadores portáteis é de duas horas por dia.

O trabalho adicional seria uma forma de os trabalhadores darem conta de uma quantidade muito grande de tarefas e aliviar a pressão do dia a dia no escritório.


Preocupação


Para a presidente da Chartered Society of Physiotherapy, Helen Johnson, as descobertas da instituição causam "grande preocupação".

"Fazer hora extra em casa pode parecer uma solução boa no curto prazo, mas se isso se tornar parte de uma rotina pode causar problemas como dores nas costas e pescoço, além de doenças relacionadas a estresse", afirma Johnson. "Para quem usa dispositivos portáteis e não mantém uma boa postura, o risco é ainda maior."

Segundo Brendan Barber, secretário-geral do Trades Union Congress, organização que reúne os principais sindicatos da Grã-Bretanha, as pessoas precisam aprender a desligar seus computadores portáteis quando saem do trabalho.

"Níveis excessivos de trabalho não são bons para ninguém. Funcionários sobrecarregados não só costumam ter um desempenho pouco satisfatório no trabalho, como também podem adoecer mais facilmente", afirma Barber. "Quando um trabalhador está tão sobrecarregado que constantemente sente a necessidade de fazer hora extra em casa, as coisas claramente saíram do controle."



…leia mais

20 de junho de 2012

Cuidado...pode acontecer com você

De acordo com pesquisas, tirar sarro da desgraça alheia é a melhor forma de se divertir que existe .... só tome cuidado para não acontecer com você



…leia mais

19 de junho de 2012

DISNEY ON ICE - 100 Anos de Magia


Mais de 60 personagens da Disney calçam patins para dançar uma coreografia em celebração ao famoso estúdio de animação americano.

Tem desde a candura nostálgica de Mickey, que serve de mestre de cerimônia, a uma multidão de heróis, como Os Incríveis e o caubói Woody, de "Toy Story".


O tom comemorativo do show faz com que pareça natural misturar criaturas de épocas distintas -entram nessa lista Aladim, Pateta, Fera, Mulan e Nemo- e que seja fácil suprimir trechos para incorporar novidades.

"É um espetáculo vivo. O diretor artístico sempre mexe, troca personagens, põe clássicos e novos", explica Maria Iribarne, diretora de marketing da Feld Entertainment, empresa que responsável pelas apresentações.



O espetáculo nasceu em 1999 e já foi visto por mais de 18 milhões de pessoas no mundo. Contudo é a primeira vez que chega ao Brasil.

A turnê começou em Porto Alegre, passou pelo Rio, para só então estrear, ontem, em São Paulo, com alguns setores já esgotados.



Serão 21 shows no ginásio do Ibirapuera, às vezes com três sessões no dia. Com isso, entra no ranking dos líderes de ocupação das casas de shows paulistanas.

Perde para as bem-sucedidas turnês do sessentão Chico Buarque e do violinista André Rieu, mas ainda fica na frente do lançamento do novo disco de Marisa Monte.


A rotina puxada se encerra no dia 24. Em seguida, o espetáculo vai para a Argentina e para o Chile, antes de retornar aos EUA.


GIGANTISMO

A grandiosidade do evento, que leva ao palco um castelo de 11 m de altura e uma baleia de 10 m de comprimento, exige que o espaço onde será apresentado comporte mais de 4.000 pessoas.

"Nos EUA, eles costumam acontecer nos estádios de rock", diz. O ginásio do Ibirapuera abriga 8.000 lugares.


"Disney on Ice" espalha pela pista de patinação de mais de 42 m seus 47 artistas, que trocam mais de 650 peças de vestuário.

Uma última curiosidade: a quantidade de figurinos e a intensa rotina dos espetáculos faz com que a equipe viaje com suas próprias máquinas de lavar e de secar.



DISNEY ON ICE - 100
Anos de Magia
Quando: dia 15, às 10h30, 15h30 e 20h; 16, às 15h e 19h; 17, às 11h, 15h e 19h; 19, às 20h; 20, às 20h; 21, às 15h e 20h; 22, às 20h; 23, às 11h, 15h e 19h; e 24, às 11h, 15h e 19h
Onde: ginásio do Ibirapuera (r. Manoel da Nóbrega, 1.361, tel. 4003-5588)
Quanto: de R$ 50 a R$ 200
Classificação: livre







Fonte : Folha.com


…leia mais

14 de junho de 2012

7 dores que exigem atenção máxima!





O sintoma doloroso é o primeiro sinal de que algo não está bem com o corpo. Portanto, não despreze esse aviso importante

Muitas vezes a dor não significa problema sério. Mas, em outras, ela pode estar mostrando que órgãos vitais do corpo estão em perigo. Como é melhor prevenir do que esperar a situação se agravar, a solução é consultar um médico sempre que a dor surgir inesperadamente e for persistente. Além disso, lembre-se de que nem sempre a região doente manifesta dores locais. Acredite: uma dor na perna, por exemplo, pode ser sinal de que você enfrentará problemas no coração. A seguir, conheça algumas dores que não podem ser desprezadas.



1. No pescoço

Em geral, a causa é um simples torcicolo. Mas se os quadro for recorrente e, após a dor ir embora, você sentir o pescoço duro ou tiver os movimentos comprometidos, a dor pode estar associada a hérnias cervicais. Elas ocorrem quando um amortecedor (disco) situado entre as vértebras da coluna inflama e comprime nervos vizinhos. O tratamento se faz com antiinflamatórios e fisioterapia. A cirurgia é uma opção quando os demais tratamentos falharem.



2. Nas mamas

A forma mais eficaz de prevenir o câncer de mama é ir regularmente ao ginecologista, sem esperar o surgimento de caroços no auto-exame. De qualquer forma, dor e caroços nas mamas e nas axilas são sinais de perigo e merecem uma consulta ao especialista o mais rápido possível. Outras pistas na região que você não pode desprezar são deformações ou alterações no formato das mamas, pregas na pele, feridas ao redor dos mamilos e secreções.



3. Ao urinar

Geralmente está associada a inflamação na uretra e bexiga. O problema ocorre porque as bactérias da vagina ou do ânus se proliferam e contaminam o canal urinário. A inflamação também pode acontecer depois do ato sexual violento. Uma fissura na região se torna terreno propício para os microorganismos se proliferarem. É importante combater o mal rapidamente com antibióticos, pois a tendênciaé que o problema se alastre para outros órgãos, como rins e até mesmo ovários e útero. Exames de urina rotineiros são importantes durante as visitas ao ginecologista. Ainda mais se a mulher estiver grávida. A infecção urinária está associada a 60% dos partos prematuros, pois as bactérias podem causar estragos na bolsa amniótica.



4. No peito

Um aperto no peito que provoca a sensação de queimação ou de pontadas é preocupante. Em alguns momentos, estende-se para os braços e mandíbula e se acentua com o esforço físico. Estamos falando da angina, sintoma de algum problema na irrigação do músculo do coração. Na maioria dos casos, ela é causada pela aterosclerose, doença vascular que se caracteriza pela obstrução das artérias coronárias, em conseqüência do depósito de colesterol. Assim, a quantidade de oxigênio que chega ao coração é insuficiente para que o órgão faça o esforço para o qual é requerido, provocando a dor. Para tratar, em geral, é feita a desobstrução das artérias com a angioplastia (dilatação da artéria coronária por meio de um cateter) ou uma cirurgia de revascularização (ponte de safena).


5. Na perna

Quando você anda a batata da perna costuma doer e inchar? Então, preocupe-se com o coração. A doença arterial obstrutiva periférica (DAOP) causa justamente esse sintoma. Se a dor for mesmo sinal do problema - que pode obstruir artérias espalhadas pelo corpo todo - o risco de infarto ou derrame é alto, independentemente da idade da pessoa. Estudos apontam que a DAOP está relacionada a 60% dos casos de infarto e a 55% dos casos de derrame. A ultra-sonografia com doppler colorido é o exame que irá mapear as condição de irrigação das artérias e confirmar o distúrbio. O tratamento é feito com remédios e, em alguns casos, é necessária uma cirurgia.



6. De cabeça

Se a cabeça dói, associamos o problema a um quadro de enxaqueca ou ao resultado das tensões do dia-a-dia. E quase sempre é isso mesmo. A enxaqueca ocorre em picos, que acabam cedendo com antiinflamatórios, repouso ou dieta alimentar apropriada. No entanto, se a dor de cabeça for persistente,o problema pode ser mais sério: sintoma de meningite ou tumores cerebrais, por exemplo. A meningite vem acompanhada por febre alta. Os tumores causam, além da dor, visão dupla e perda parcial de controle motor e da força muscular. Por isso, é aconselhável procurar um médico se a dor de cabeça se apresentar com muita freqüência e tiver forte intensidade.



7. De barriga (aguda)

O mioma, um tumor benigno parecido com uma bolinha de músculos que se forma no útero, é mais comum do que se imagina. Acredita-se que 50% das mulheres brasileiras tenham miomas. Em alguns casos, o problema pode ser assintomático durante anos. Mas, para algumas mulheres, a dor abdominal intensa e o crescimento do ventre (o mioma cresce tanto que se tem a nítida impressão de gravidez) são pistas importantes. A ultra-sonografia pélvica confirma o problema e o tratamento se faz com antiinflamatórios, que ajudam a aliviar as dores abdominais, e bloqueadores da produção hormonal. Com isso cria-se um estado temporário de menopausa




Fonte : site médico

…leia mais

13 de junho de 2012

Você sabia disso ?


Já pensou em comemorar duas vezes a passagem de um Ano Novo?
Sim, isso é completamente possível. Um exemplo? Na virada de 1999 para 2000, um grupo de milionários estava à meia-noite em Paris. Estouraram champanhe, pegaram um avião, viajaram três horas e chegaram em Nova York ainda com tempo de esperar outra garrafa de champanhe gelar. Por que? Por causa da diferença de fuso horário.



De onde vem a tradição de pular sete ondas no Reveillon?
Esse costume remete às tradições africanas, trazidas pelos escravos. O ritual homenageia Iemanjá, dona das águas salgadas. Sete é um número cabalístico, representado por Exu, filho de Iemanjá. Os sete pulos servem para que os caminhos sejam abertos. Segundo a tradição, na certeza de garantir a futura sorte, jamais dê as costas para o mar após a homenagem.




Você sabe como surgiram as luzinhas de árvores de Natal?
As primeiras lampadinhas elétricas de Natal foram criadas por um instalador de PABX de uma companhia telefônica. Antigamente, as velas eram os enfeites mais usados; como eram perigosas e podiam causar incêndios, o funcionário retirou pequenas lâmpadas de um velho quadro de distribuição telefônica, conectou-as juntas, colocou-as em volta de uma árvore e enganchou a conexão em uma bateria.




Por que Big Ben?
Quando o famoso relógio londrino foi construído em 1859, o então ministro de Obras Públicas da Inglaterra chamava-se Sir Benjamin Hall e pesava 158 quilos. Em homenagem a ele, deu-se o apelido de "Big Ben" ao grande sino de mais de 12 toneladas. O apelido, contrariamente ao que se diz, não se refere originalmente à torre ou ao relógio, mas ao sino contido no alto da torre.







…leia mais

12 de junho de 2012

Trailer Oficial de "Detona Ralph" da Disney




Detona, Ralph (Wreck it Ralph, no orginal em inglês), animação da Disney programada para estrear por aqui no início de 2013, ganhou nesta semana o seu primeiro trailer legendado. Com vozes de John C. Riley, Jack McBrayer, Jane Lynch, Sarah Silverman e grande elenco, o filme conta a história de um vilão dos games 8-bits que cançou do papel de antagonista e quer viver uma aventura no papel principal.

Ralph (Riley) é uma espécie de Donkey Kong em sua primeira aparição: Um cara grande e bravo que tenta destruir um prédio e o herói do jogo, Fix-It Felix (McBrayer). Em uma clara alusão a Mario, personagem-símbolo da Nintendo, Felix é um carpinteiro de macacão que enfrenta o gigante e vence centenas de milhares de vezes o embate.

Fanáticos por videogame ficarão malucos com as participações especiais: Robotinic, Bowser, os fantasmas de Pac Man, M. Bison, Zangief, Zumbis do Resident Evil e outros vilões clássicos aparecem por todo o filme, que é ambientado no formato de várias séries de sucesso do mundo dos games. 




A animação foi dirigida por Rich Moore (Simpsons, Futurama) e escrita por Phil Johnsto (Negócio Fechado). Detona, Ralph estreia por aqui no dia 4 de janeiro do ano que vem.


Veja o trailer abaixo.








…leia mais

6 de junho de 2012

Infância é o momento decisivo para incentivar a prática de atividades físicas

O momento decisivo na formação do ser humano em todos os aspectos, inclusive para a formação das aptidões físicas, é a fase da infância



Muitas pessoas não conseguem encontrar afinidade com certas tarefas ou qualquer tipo de atividade física. São adultos que não gostam, não se sentem à vontade ou até mesmo iniciam e não continuam em academias, esportes ou outras atividades que exijam a movimentação física.

Para o especialista em Bioquímica, Fisiologia, Nutrição e Treinamento Desportivo, pela Unicamp, Décio William da Silva, isso pode ser reflexo da infância, o momento decisivo na formação do ser humano em todos os aspectos, inclusive para a formação de nossas aptidões físicas.

Décio explica que, se tivermos experiências negativas ou excludentes em nossa infância relacionadas às praticas esportivas, manteremos essa resistência na fase adulta também. “Muitas vezes, em nossa formação, principalmente escolar, o papel do professor é imensurável, pois este nos encorajara a enfrentar resistências ou limitações recorrentes às práticas, visto que nessa fase aqueles que mais necessitam de estímulos, por qualquer limitação que possuam, ficam excluídos.”

Segundo o profissional de Educação Física, estimular o prazer em praticar atividades físicas vem a partir da experimentação, a pessoa deve conhecer as possibilidades para escolher a que mais lhe agrada e, com isso, construir um laço de aptidão e realizar as atividades com prazer.

Neste ponto é que a infância é novamente o ponto principal. Décio explica que muitos pais não compreendem e acabam por trazer frustrações aos filhos. “Nos deparamos com pais que, por afinidade com determinadas modalidade, induzem seus filhos a vivenciá-las, culminando na falta de continuidade ou em casos mais severos, como distúrbios psicológicos relacionados à pressão familiar”, avalia.

Para desenvolver a habilidade das crianças e despertar interesse, Décio diz que o essencial é não atrelar a prática física apenas a uma modalidade esportiva específica, utilizando as brincadeiras e jogos de rua. “Hoje, em consequência da falta de segurança, locais específicos e indisponibilidade dos pais, as crianças ficam resguardadas e imersas nesta geração totalmente tecnológica e digital.”

Compreender todos estes aspectos pode ser a resposta ao porquê de muitos adultos não darem continuidade aos diversos cursos em que se inscrevem. “Ser democrático e apresentar vivências distintas a nossas crianças é a melhor opção hoje para não formarmos adultos sedentários e hostis à atividade física amanhã”, finaliza.



Fonte : Portal da educação física

…leia mais

5 de junho de 2012

Consequências da falta ou excesso de sono no treino.



Ao dormir tarde, ou ter um tempo reduzido de descanso, é normal se sentir cansado e não render tanto no dia seguinte devido à falha na recuperação e regeneração tecidual. 

Regular o sono é importante para o treinamento, se o sono não for na quantidade certa e de forma adequada, você poderá sentir diferença no treino. 

Também é possível sentir diferença ao dormir mais do que o normal, ou seja, quando acordamos mais tarde que o comum. Isso porque o metabolismo fica lento e o atleta sente o corpo mais pesado e menos responsivo.   

Para quem gosta de correr, descanse após as provas (no mesmo dia por cerca de 20 horas) e faça treinos leves nos dias seguintes com uma corrida para ajudar a recuperar a musculatura. Não faça repouso absoluto caso esteja com um pouco de dor muscular no dia seguinte.  

Isso se chama descanso ativo, ou treino regenerativo, e serve para reestruturar a musculatura que sofre inúmeras microlesões durante a atividade recuperando as fontes energéticas gastas. Evite fazer provas com um intervalo menor de 20 dias. Isso porque competição, ao se esforçar ao máximo, a intensidade geralmente é maior que a do treino, o que gera uma sobrecarga corporal, que necessitará de tempo para recuperação.   

Suplementos alimentares e alimentação supervisionada por nutricionista aceleram a reposição dos estoques de nutrientes usados durante a corrida e ajudam no metabolismo e sono. 



Por Dra. Ana Paula Simões -  Consultora de ortopedia e traumatologia esportiva. Especialista em medicina e cirurgia do pé e tornozelo, assistente do grupo de traumatologia do esporte da Santa Casa de São Paulo e atual médica da seleção brasileira feminina de futebol Sub-20.

…leia mais

4 de junho de 2012

Permanecer sentado por muito tempo encurta a vida

Pessoas acima dos 45 anos que passam muitas horas sentadas todos os dias podem ter até o dobro de chance de morrer em um período de três anos do que aquelas que se sentam durante menos tempo



O tempo em que um indivíduo permanece sentado diariamente pode interferir em seu tempo de vida. Segundo uma nova pesquisa feita na Faculdade de Saúde Pública da Universidade de Sydney, na Austrália, pessoas acima dos 45 anos que passam muitas horas sentadas todos os dias podem ter até o dobro de chance de morrer em um período de três anos do que aquelas que se sentam durante menos tempo.

O trabalho foi publicado nesta segunda-feira no periódico Archives of Internal Medicine e é o primeiro dado divulgado do 45 and Up Study, do Instituto Sax, o maior levantamento contínuo sobre saúde e envelhecimento já feito no hemisfério sul e que ainda será publicado integralmente. Esse trabalho analisou mais de 250.000 pessoas acima de 45 anos e inclui várias outras pesquisas.

Hábito perigoso — Os resultados dessa pesquisa, que se baseou nos questionários respondidos pelos participantes, mostraram que pessoas que permanecem sentadas durante 11 horas ou mais ao dia têm até 40% de chances de morrerem nos próximos três anos em comparação com aquelas que se sentam por menos de quatro horas diariamente. Esses riscos foram estabelecidos independentemente do peso e da quantidade de atividade física que um indivíduo faz quando não está sentado.

O estudo também mostrou que praticar exercícios físicos é benéfico nesse sentido. Pessoas sedentárias que passam mais tempo sentadas por dia podem chegar a ter o dobro do risco de morrerem dentro de três anos do que aquelas que permanecem sentadas por menos tempo e que são fisicamente ativas. Além disso, entre os indivíduos sedentários, esse risco foi cerca de 30% maior para os que ficavam sentados durante mais horas em comparação com os que permaneciam menos tempo sentados.

Para os autores do estudo, essas evidências, somadas à dimensão da pesquisa, já são suficientes para que os médicos prescrevam a seus pacientes a redução do tempo de sedentarismo. “Ser ativo fisicamente quando não está sentado é algo importante para um indivíduo e já beneficia sua saúde. Porém, também é importante diminuir o tempo sentado”, diz um dos autores da pesquisa Hidde van der Ploeg.

Lazer — De acordo com o levantamento, um adulto médio chega a passar 90% de seu tempo de lazer sentado, e essa situação é um fator de risco para diversos problemas, como doenças cardiovasculares. O estudo sugere que as pessoas procurem realizar atividades físicas nas horas vagas e evitem utilizar esses momentos para aumentar o tempo em que permanecem sentadas. “Fazer caminhadas no lugar de assistir televisão ou jogar videogames, por exemplo, pode melhorar a saúde de um indivíduo que gasta mais tempo sentando no trabalho e no trânsito”, diz Ploeg.


CONHEÇA A PESQUISA

Título original: Sitting Time and All-Cause Mortality Risk in 222 497 Australian Adults

Onde foi divulgada: periódico Archives of Internal Medicine

Quem fez: Hidde van der Ploeg, Tien Chey, Rosemary J. Korda, Emily Banks e Adrian Bauman

Instituição: Universidade de Sydney, Austrália

Dados de amostragem: Mais de 200.000 adultos maiores de 45 anos

Resultado: Pessoas sedentárias que passam mais tempo sentadas têm o dobro de chance de morrerem dentro de três anos do que indivíduos ativos que permanecem menos tempo sentadas e 30% mais riscos do que sedentários que se sentam por menos tempo


…leia mais