27 de abril de 2012

Medicamentos em supermercado

Uma medida provisória que vai causar muito debate e confusão principalmente por parte das grandes redes de farmácia.


Uma medida provisória que permite a venda de remédios em supermercados, empórios e armazéns sob a condição de que não estejam sujeitos à prescrição médica, foi aprovada pelo Senado nesta quarta-feira.

De acordo com o texto, os estabelecimentos comerciais têm de verificar a "relação a ser elaborada pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa)" para a venda dos medicamentos. Apesar da observação, não há regulamentação. O próximo passo será a sanção da presidente Dilma Rousseff, porem a ministra das Relações Institucionais, Ideli Salvatti, informou que a presidente Dilma poderá vetar a parte da medida provisória a que autoriza a venda de remédios em supermercados.

A medida tem recebido críticas até de senadores aliados ao governo, como o ex-ministro da Saúde, senador Humberto Costa (PT-PE), que solicitou a reprovação do artigo pela presidente.

Encaminhado pelo governo ao Congresso, o texto original, antes da inclusão da venda dos remédios, sugeria a desoneração das contribuições sociais sobre produtos destinados a portadores de deficiência e do IPI (Imposto sobre Produtos Industrializados) na compra de veículos automotivos para deficientes.


Medicamentos que dispensam prescrição médica, como antitérmicos, analgésicos, laxantes e antialérgicos têm autorização para comercialização em supermercados e lojas de conveniência dos Estados Unidos.










…leia mais

26 de abril de 2012

Cuide do seu joelho

Musculação exagerada e corrida sem intervalo de descanso pode provocar artrose no joelho



Os sintomas são desgaste da cartilagem, dor e limitação de movimentos

Musculação com muito peso e corrida sem descanso pode antecipar um problema que até então só se manifestava na terceira idade: a artrose de joelho. O sintoma do problema é dor e limitação de movimentos. A artrose se caracteriza pelo desgaste da cartilagem que envolve o osso do joelho.
Segundo estudos, a prática exagerada de exercícios vem contribuindo para o surgimento da doença precocemente. Para que o problema não apareça antes do tempo, os ortopedistas recomendam o descanso da musculatura. É fundamental respeitar a pausa entre um treino e outro. A iniciativa impede o desgaste sofrido com o exercício.
Na musculação, os exercícios devem ser específicos para os membros inferiores, tendo como foco os joelhos. Na hora de puxar ferro, alertam os médicos, todo o cuidado é pouco na hora da escolha da carga, que não deve ser muito pesada.





…leia mais

25 de abril de 2012

Nova dieta da moda


Regras básicas

1.Se você come e ninguém vê, a comida não tem calorias. Sem provas não há crime.

2.Se você tomar um refrigerante diet junto com uma barra de chocolate, as calorias da barra são canceladas pelo refrigerante.

3.Se você comer de olhos vendados, pode engordar o quanto quiser que nunca vai ter um enfarte: o que os olhos não vêem o coração não sente.

4.Ande só com gente gordinha e procure engordar todo mundo a sua volta. Assim, você parecerá mais magro.

5.Comida de cinema, como pipoca, supra-sumo, jujuba e M&M, não é considerado como comida e vai para categoria “cultura”.

6.Biscoito quebrado tem menos caloria, pode comer à vontade.

7.Comida gelada, como sorvete, não pode ser considerada calórica, porque caloria é medida de calor e sorvete nunca é quente.

8.É um mito que verdura emagrece. Elefante é herbívoro.

9.E depois, você não vai passar à eternidade gordo… a alma é toda etérea.. não tem peso nenhum…


…leia mais

24 de abril de 2012

Metade dos cânceres seria evitável com adoção de vida saudável

Excelente artigo publicado no caderno Equilíbrio e saúde no portal da Folha.com





Metade de todos os cânceres poderia ser evitada se as pessoas adotassem estilos de vida mais saudáveis, afirmaram cientistas americanos em um estudo publicado na quarta-feira.

O tabagismo é responsável por um terço de todos os casos de câncer nos Estados Unidos e até três quartos dos casos de câncer de pulmão no país poderiam ser evitados se as pessoas não fumassem, destacaram em artigo publicado na revista "Science Translational Medicine".

Estudos científicos já demonstraram que muitos outros tipos de câncer também seriam evitados, seja com vacinas - como as disponíveis contra o HPV (víru papilomavírus humano) e a hepatite, que podem provocar câncer de colo do útero e de fígado - ou com proteção contra a exposição ao sol, que pode causar câncer de pele.

O conjunto da sociedade deve reconhecer a necessidade destas mudanças e levá-las a sério na tentativa de desenvolver hábitos mais saudáveis, alertaram os pesquisadores.

"É hora de investirmos em aplicar o que sabemos", disse a principal autora do artigo, Graham Colditz, epidemiologista do Centro Oncológico Siteman da Universidade de Washington, no Missouri.

Praticar exercícios, comer bem e não fumar são hábitos chave para evitar quase a metade das 577.000 mortes por câncer nos Estados Unidos previstas para este ano, um número superado apenas pelas doenças cardíacas, acrescentou o estudo.

Mas os especialistas destacaram uma série de obstáculos para as mudanças de hábito em uma sociedade na qual, segundo estimativas, foram diagnosticados mais de 1,6 milhão de casos de câncer este ano.

Entre os obstáculos, destacaram o ceticismo de que o câncer pode ser evitado e o hábito de intervir tarde demais para deter ou prevenir um tumor maligno já instalado.


Além disso, grande parte das pesquisas sobre o câncer se concentra no tratamento no lugar da prevenção, e tende a ter uma visão de curto prazo no lugar de um enfoque de longo prazo.

"Os seres humanos são impacientes e esta característica humana, em si, é um obstáculo para a prevenção do câncer", ressaltou o estudo.

As grandes diferenças de renda entre as classes sociais altas e as baixas, que fazem com que os pobres tendam a ficar mais expostos a fatores de risco do que os ricos, complicam ainda mais o panorama.

"A contaminação e a delinquência, o transporte público deficiente, a falta de parques para brincar e fazer exercícios e a ausência de supermercados com alimentos frescos dificultam a adoção e a prática constante de um estilo de vida que reduza ao mínimo o risco de câncer e outras doenças", destacou o estudo.

"Assim como nos outros países, a estratificação social nos Estados Unidos exacerba as diferenças de estilo de vida, como o acesso a cuidados de saúde, a prevenção especial e os serviços de detecção precoce", informaram os especialistas.

"As mamografias, os exames de cólon, o apoio para a dieta e a nutrição, os recursos para parar de fumar e os mecanismos de proteção solar simplesmente estão menos disponíveis para os pobres", acrescentaram.
Isto significa que qualquer tentativa de superar as profundas desigualdades sociais deve ser apoiada por mudanças de política, disse outra autora do estudo, Sarah Gehlert, da Escola de Trabalho Social e da Escola de Medicina da Universidade de Washington.

"Depois de trabalhar em saúde pública durante 25 anos, aprendi que se quisermos mudar a saúde, temos que mudar as políticas", acrescentou.

"Uma política estrita sobre o tabaco é um bom exemplo. Mas não podemos fazer a mudança de política por nossa conta... O que se requer é uma massa crítica de pessoas para falar com mais firmeza sobre a necessidade de uma mudança", acrescentou.


Fonte : folha.com

…leia mais

23 de abril de 2012

Oração muito inocente


Joãozinho orando: 

- Senhor todo poderoso: 
há 2 anos o Senhor levou meu cantor favorito Michael Jackson! 
Meu locutor favorito Lombardi! 
Meu ator preferido Patrick Swayze! 
Levou minha cantora favorita Amy Winehouse! 
Esse ano o senhor já levou os não menos favoritos Wando e Whitney Houston!!!
Agora, acabou de levar João Mineiro e Chico Anysio.
       
Quero lembrar ao Senhor que meus políticos favoritos são:
José Sarney, Fernando Collor, Luiz Inácio Lulla da Silva, Dilma Rousseff, Ideli Salvatti, Tarso Genro, Olívio Dutra, José Dirceu, Antonio Pallocci, José Eduardo Cardoso, Aluísio Mercadante, Guido Mantega, Jader Barbalho, Renan Calheiros, Paulo Maluf, Edison Lobão, Romero Jucá, Michel Temer (menos a mulher dele)...

Por favor coloque-os na ordem de Sua preferência.
 
Amém!!!





…leia mais

20 de abril de 2012

Coletânea de imagens divertidas

Segundo minha esposa ... : Nenêns deveriam vir c manual e botão on/off ...






Coooooooooooooorre !!!






O tempo passa 




Aaaaah bom ... achei que Lan house não precisava de internet para funcionar



Isso por acaso é uma casinha de cachorro?



Tem cada tatuagem criatiiiiiva !!!



Me fala como é que a pessoa entala no balanço???









…leia mais

19 de abril de 2012

O óleo de coco e suas múltiplas funções


Além de prevenir e tratar doenças do coração, produto ajuda a cuidar da pele e dos cabelos e ainda auxilia no emagrecimento

A busca por alimentos funcionais, que promovem diversos benefícios à saúde, tem aumentado a cada dia. Um deles é o Óleo de Coco (Cocos nucifera), obtido a partir da carne do coco maduro, que pode ser fresco ou seco. Rico em substâncias antioxidantes e com várias propriedades funcionais, este produto auxilia na prevenção e tratamento de doenças cardiovasculares e é indicado também como coadjuvante nos processos de emagrecimento.
 

No processo de obtenção do óleo, não são empregados solventes químicos, nem elevadas temperaturas, portanto, seus fitoquímicos são mantidos. Além de sua ingestão ser benéfica ao organismo, o óleo de coco pode ser utilizado com finalidades cosméticas. Como não possui conservantes e/ou substâncias químicas alergênicas, garante o aporte de antioxidantes na pele e ajuda a reduzir danos capilares.


Na pele, atua como excelente hidratante e promove a melhora da elasticidade cutânea, conferindo uma aparência mais jovem e sadia. Pode ser aplicado e massageado direta e diariamente sobre a pele, principalmente em peles mais secas. Seu uso também é sugerido para prevenção de estrias que ocorrem por conta da gestação. 




Propriedades medicinais


O ácido fenólico é a principal substância responsável pela ação antioxidante do óleo de coco, que promove melhora da circulação sanguínea, redução dos níveis de colesterol total, LDL, VLDL e triglicérides e aumento das taxas de HDL, o chamado bom colesterol. Desta forma, também auxilia na prevenção e tratamento de doenças cardiovasculares. 

Estudo revelou que o uso do óleo de coco é capaz de reduzir o Índice de Massa Corporal (IMC), bem como a circunferência abdominal. Fonte de triglicerídeos de cadeia média (TCM), um tipo de gordura que é rapidamente absorvida e transportada para o fígado, onde se transforma em energia, o óleo de coco aumenta a termogênese, o que potencializa o gasto energético do organismo, além de causar saciedade. 

Diversos estudos demonstraram ainda suas ações em casos como candidíase e gastrite bacteriana (Helicobacter pylori). Cerca de 50% da gordura do óleo de coco é composta pelo ácido láurico que, ao ser ingerido, se transforma em uma substância de ação antibacteriana, antifúngica, antiviral e antiprotozoária. É, também, um potente imunomodulador. 


Na dose certa

Como é um alimento de baixo potencial alergênico, o óleo de coco, de maneira geral, não possui contraindicações quando consumido em uma quantidade de 30 a 45 ml (duas a três colheres de sopa por dia). Recomenda-se começar seu consumo com uma pequena quantidade (equivalente a ½ colher de sopa) e ir aumentando o consumo gradualmente. O consumo excessivo pode levar a diarréia, que cede com a continuidade do uso.

O óleo de coco também pode ser utilizado para finalizar pratos quentes, já que é estável quando submetido a altas temperaturas. Porém, para a preservação de seus antioxidantes, recomenda-se que seja utilizado em preparações frias, como saladas, sucos e shakes ou em torradas e tapiocas.



Bruna Murta - nutricionista 


Saiba mais sobre óleo de coco - http://www.facebook.com/targetsuplementos




…leia mais

12 de abril de 2012

Prédios modernos, problemas antigos !



Os prédios e condomínios novos que estão "nascendo" em São Paulo são lindos e muito completos com estrutura de lazer, parte social e muito conforto ... mas ... e sempre tem um "mas" ... as vagas de garagem estão diminuindo de tamanho !!!

Para entrar no meu carro hoje de manhã tive que ir pelo porta-malas. Juro que tentei acesso pelas quatro portas mas foi impossível enfiar meu braço.
O mais engraçado é que ao reclamar para o segurança ele simplesmente falou : O seu carro é muito grande !!!
Quer dizer que agora terei que comprar um micro carro e torcer para que meu vizinho de vaga também compre?
Os engenheiros devem estar calculando o espaço das vagas sem levar em conta que para entrar no carro é preciso de espaço suficiente para abrir a porta.

Outro problema crônico é que as paredes e lajes estão cada vez mais finas e você acaba acompanhando a vida do seu vizinho.
Escuto o barulho da descarga ( dos sons antes da pessoa acionar a descarga ... ecat ), do chuveiro ligado, da TV, as discussões, choros e gritos, enfim, fico sabendo da vida de todo mundo e todo mundo sabendo da minha !!!
É muita falta de privacidade.

Complicado o convívio não é? 

Mas é o preço que se paga para ter um pouco mais de segurança.




…leia mais

10 de abril de 2012

Siga teu destino, rega tuas plantas, ame tuas rosas.

Camilo Vannuchi da revista  Isto É entrevistou Roberto Shinyashiki, médico psiquiatra, com Pós-Graduação em administração de empresas pela USP, consultor organizacional e conferencista de renome nacional e internacional. 



ISTOÉ: - Muitas pessoas têm buscado sonhos que não são seus?

Shinyashiki: - A sociedade quer definir o que é certo. 
São quatro as Loucuras da sociedade:
* A primeira é instituir que todos têm de ter  sucesso,como se ele não tivesse significados individuais.
* A segunda loucura é: Você tem de estar feliz todos os dias.
* A terceira é: Você tem que comprar tudo o que puder. O resultado é esse consumismo absurdo.
* Por fim, a quarta loucura: Você tem de fazer as coisas do jeito certo. Jeito certo não existe. Não há um caminho único para se fazer as coisas. 

As metas são interessantes para o sucesso, mas não para a felicidade. 
Felicidade não é uma meta, mas um estado de espírito.

Tem gente que diz que não será feliz enquanto não casar, enquanto outros se dizem infelizes justamente por causa do casamento. 

Você pode ser feliz tomando sorvete, ficando em casa com a família ou amigos verdadeiros, levando os filhos para brincar ou indo à praia ou ao cinema. 

Quando era recém-formado em São Paulo, trabalhei em um hospital de pacientes terminais. Todos os dias morriam nove ou dez pacientes. Eu sempre procurei conversar com eles na hora da morte. A maior parte pega o médico pela camisa e diz: "Doutor, não me deixe morrer. Eu me sacrifiquei a vida inteira, agora eu quero  aproveitá-la e ser feliz. 
Eu sentia uma dor enorme por não poder fazer nada.

Ali eu aprendi que a felicidade é feita de coisas pequenas.
Ninguém, na hora da morte, diz se arrepender por não ter aplicado o dinheiro em imóveis ou ações, mas sim de ter esperado muito tempo ou perdido várias oportunidades para aproveitar a vida.

Segue o teu destino, rega as tuas plantas, ama as tuas rosas. 
O resto é sombra das árvores alheias.

Roberto Shinyashiki





…leia mais

9 de abril de 2012

Pensa que só a mulher pode ser comparada a um avião?

Pensa que só a mulher pode ser comparada a um avião?

Nãaaaaaaaaaaaao messssssmo

Os homens é que são os verdadeiros aviões




O Homem, até os 20 anos: se equipara ao Avião de Papel. 
Apenas vôos rápidos, de curto alcance e duração.



Dos 20 aos 30: se equipara ao Caça Militar.

Sempre a postos, 7 dias por semana. Ataca qualquer objetivo. 
Capaz de executar várias missões, mesmo quando separadas por curtos intervalos de tempo.


Dos 30 aos 40Aeronave Comercial de Vôos Internacionais.

Opera em horário regular. Destinos de alto nível. Vôos longos, com raros sobressaltos. A clientela chega com grande expectativa; ao final, sai cansada, mas satisfeita.


Dos 40 aos 50Aeronave Comercial de Vôos Regionais.

Mantém horários regulares. Destinos bastante conhecidos e rotineiros.
Os vôos nem sempre saem no horário previsto, o que demanda mudanças e adaptações que irritam a clientela.


Dos 50 aos 60Aeronave de Carga.

Preparação intensa e muito trabalho antes da decolagem. Uma vez no ar, manobra lentamente e proporciona menor conforto durante a viagem. 
A clientela é composta majoritariamente por malas e bagulhos diversos.


Dos 60 aos 70Asa Delta.

Exige excelentes condições externas para alçar vôo. Dá um trabalho enorme para decolar e, depois, evita manobras bruscas para não cair antes da hora. 
Após a aterrissagem, desmonta e guarda o equipamento.


Dos 70 aos 80Planador. 

Só voa eventualmente  e com auxílio. Repertório de manobras extremamente limitado. Uma vez no chão, precisa de ajuda até para voltar ao hangar.


Após os 80Modelo em escala. 
Só enfeite






.




…leia mais

4 de abril de 2012

Memória metabólica

Texto escrito pelo nutricionista Rodolfo Peres




Acredito que todos vocês já encontram o famoso “magro de ruim”. E possivelmente também já conheceram alguém que vive no “efeito sanfona”, ou seja, consegue emagrecer, mas recupera o peso perdido mais rápido do que foi a perda. Ou ainda, talvez vocês conheçam alguém com um ótimo físico, mas que não mantenha uma dieta e uma rotina de exercícios tão restrita.

As três situações são facilmente explicadas por um termo que podemos chamar de “memória metabólica”. Primeiro, devemos organizar nossa ideia temporal. Isso parece óbvio, mas demora para muitas pessoas entenderem e até mesmo, aceitarem.

Seu corpo está acostumado com a forma física em que ele passou a maior parte da vida. Se você foi obeso por 30 anos e adquiriu um físico atlético em 1 ano, você ainda terá um metabolismo de obeso por um bom tempo, mesmo tendo a  aparência de um atleta. Ou seja, qualquer descuido nesse período de manutenção, acarretará em um rápido acúmulo de gordura corporal. O resultado deve ser consolidado! Nessa situação, o organismo reduz sua taxa de metabolismo basal, diminuindo o gasto energético, pois ele entende como uma agressão essa redução na taxa de gordura corporal, que ele estava acostumado a manter. Nunca podemos esquecer que nosso organismo prefere “acumular” gordura e “perder” músculos. Afinal, enquanto a gordura é uma reserva energética, os músculos representam um ônus energético! Isso é explicado pelo nosso processo evolutivo de milhões de anos vivendo em condições naturais, nas quais nossos antepassados passavam longos períodos sem se alimentar. Os que sobreviveram (nossos ancestrais), foram aqueles que possuíam maior capacidade de reservar energia (na forma de gordura).  

Caso oposto é o indivíduo magro, que se dedica ao extremo para ganhar massa muscular. Qualquer “deslize” na alimentação ou nos treinos, promoverá perda do peso tão dificilmente conquistado. Nessa situação, o organismo faz o contrário: aumenta o gasto energético basal, visando evitar o ganho de peso, tornando tão difícil o sucesso nessa situação, quanto na reversão de um quadro de obesidade.

A verdade é uma só: se você passou 95% da sua vida se alimentando mal e sem atividade física, você terá de reverter esse processo com muita paciência. Seis meses com um estilo de vida saudável não serão suficientes para modificar seu metabolismo se você tiver se alimentado mal por 20, 30 ou 40 anos da sua vida. Tenha calma! Tudo funciona por processo, não por mágica!

Já uma pessoa que apresentou uma quantidade de gordura corporal controlada ao longo da vida, por meio de um bom controle alimentar e de exercícios, terá maiores facilidades tanto na obtenção, quanto na manutenção dos resultados obtidos.

Portanto, com mais essa discussão, podemos por para dormir no sono eterno essa ideia de que duas pessoas com mesma idade, mesmo peso, mesma atividade física, apresentará o mesmo gasto energético diário. Se ainda duvida, acompanhe simultaneamente uma pessoa que foi obesa a maior parte da vida e outra que sempre foi magra. Mesmo com a mesma idade, atividades físicas diárias e peso corporal, os trabalhos deverão ser totalmente diferentes, mesmo que o objetivo final seja o mesmo = adquirir um físico com pouca gordura corporal e um bom desenvolvimento muscular.

A boa notícia é que a memória metabólica é totalmente mutável. Após alguns anos de controle alimentar e de exercícios, a tendência é o trabalho ficar cada vez mais fácil e os resultados obtidos, mais consistentes e difíceis de serem perdidos. Portanto, use a memória metabólica a seu favor!

Mas o metabolismo não reduz com a idade?

Depende! De uma pessoa sedentária provavelmente, mas quando se existe um adequado controle alimentar e de exercícios, eu iria mais além do que essa simples definição. Uma experiência longitudinal interessante que acompanhei, foi um praticante de musculação que iniciou a atividade apenas aos 45 anos de idade. No início, foi difícil conseguirmos reduzir seus níveis de gordura corporal, sendo possível apenas com a introdução de mais atividade aeróbica e uma dieta restritiva.

Fui observando que ano após ano, seu metabolismo “acelerava”, sendo possível aumentar o fornecimento de carboidratos e calorias na dieta, sem isso resultar em ganho de gordura corporal. Hoje, aos 54 anos, sua dieta possui níveis elevados de carboidratos e calorias, e mesmo assim, ele consegue manter seu físico com baixos níveis de gordura corporal sem se exaurir com atividades aeróbicas mais intensas ou prolongadas.

Portanto, o profissional deve considerar cada indivíduo! Deve estudar e entender o metabolismo de cada um! Não existem fórmulas exatas para se estimar o valor calórico! E é isso que torna o trabalho do nutricionista tão minucioso e fundamental!




…leia mais