9 de março de 2012

10 erros que fazem engordar e prejudicam a saúde - PARTE 5

E vamos para os últimos 10 erros que comprometem a sua dieta



41. Ir para a academia sem comer antes

A nutricionista Elaine explica que malhar sem nada no estômago não é uma boa ideia, pois compromete a performance e acaba fazendo com que a pessoa queime massa magra. Ela indica que, antes do treino, seja consumida alguma fonte de carboidrato, que pode ser uma fruta, granola sem açúcar, iogurte ou até mesmo um pãozinho francês. “Tome cuidado com produtos muito processados”, ela avisa.


42. Tomar chás laxativos e diuréticos em excesso
Quem toma chás laxativos ou diuréticos para diminuir as medidas, pode estar fazendo um esforço à toa. “Para perda de peso não faz sentido, porque isso faz com perca liquido”, explica Luis. No caso dos chás laxativos, o maior problema é dar ao organismo um péssimo costume. “Tomando em excesso, o corpo vai se adaptar e aquilo que fazia efeito já não faz mais. O vicio não é legal porque não resolve a causa base”, frisa. A recomendação é procurar ajuda médica para descobrir a origem do problema.


43. Fazer dieta durante a semana e exagerar no fim de semana
Para quem pensa que manter a linha nos dias úteis e exagerar no fim de semana não vai comprometer a dieta, uma má notícia: compromete sim. Mas abandonar a vida social também não é o melhor caminho. Para resolver o impasse, a nutricionista Elaine dá a dica. “O segredo é nunca ir para o local com fome. Faça um lanche rápido antes de ir para uma festa ou evento, assim, quando chegar lá, vai conseguir comer uma quantidade equilibrada”.


44. Comer carne descongelada no ambiente
Muita gente pensa que a alimentação natural inclui carnes que foram congeladas naturalmente, mas a nutricionista Livia indica o contrário. “Isso pode gerar uma contaminação da carne por bactérias, já que a carne fica em uma temperatura mais adequada para estas bactérias crescerem. O ideal na realidade é descongelar a carne na geladeira. Tire umas horas antes e coloque na parte de baixo da geladeira, para evitar esta contaminação”, orienta.


45. Usar o micro-ondas para esquentar tudo
Leite, pizza, comida, sopa. Na hora da pressa, tudo vai parar dentro do micro-ondas e, em poucos minutos, está pronto para ser ingerido. No entanto, Livia avisa: “o microondas pode levar à perda de alguns nutrientes. O ideal é esquentar na panela, sempre que possível, e usar o micro-ondas mais como emergência”.


46. Tomar leite durante ou logo depois da refeição
Este é um hábito muito comum entre as crianças. Alguns adultos também costumam tomar um café com leite ou cappuccino logo após a refeição. Segundo explica o nutricionista Luis, este é um hábito ruim pois o cálcio do leite compete com o ferro o mesmo canal de absorção. Isso vale também para sobremesas ricas em leite. “Se você almoça e logo depois toma leite, gera essa competição e isso pode ocasionar uma perda de ferro”, explica. Em contraposição, um suco rico em vitamina C ajuda na boa absorção do ferro, orienta o especialista.


47. Colocar catchup e mostarda em tudo
Exagerar em condimentos como catchup e mostarda também não é uma boa ideia para quem busca saúde boa forma. “Catchup e mostarda possuem diversas substâncias artificiais, que podem ser tóxicas para nosso organismo e inclusive desencadear algum processo alérgico. A dica é usar pouca quantidade e, sempre que possível, usar algo mais natural como substituir o catchup por um molho de tomate, quando possível”, explica a nutricionista Livia.


48. Comer sobremesa todos os dias
Comer uma porção pequena de doce por dia é algo tolerável, segundo explica Elaine. “A questão é a quantidade. Um pedacinho de chocolate não é proibido, mas as pessoas querem comer a barra inteira.” Como alternativa, ela indica alimentos que saciam a vontade de doce. “Chocolate com 70% cacau, mousse de frutas com iogurte, picolé com frutas, banana com canela ou sorvetes à base de iogurte”.


49. Exagerar na barra de cereal ou granola
As barrinhas de cereal e a granola têm um estigma de serem saudáveis e, por serem ricas em fibras, enganam a fome. Mas o nutricionista Luis questiona: “o tipo de padrão padrão alimentar que você está tentando implementar será viável para o resto da vida?”. Se a resposta for não, ele explica, a chance da pessoa enjoar do alimento e voltar a se alimentar de maneira errada é bem grande. A recomendação, neste caso, é buscar uma reeducação alimentar. “É melhor você perder três quilos em paz do que seis em sacrifício, porque isso tem data de validade’, reforça.

50. Exagerar no álcool

O exagero no álcool traz calorias e muitos problemas de saúde. “A bebida fermentada e a destilada podem levar a problemas paras o organismo, tanto afetando o intestino, quanto o funcionamento do fígado, além de serem calóricas. O ideal é na realidade, alternar o consumo de bebidas alcoólicas com água. E se possível, beber a menor quantidade e frequência possível”, pontua Livia




Postar um comentário

Por favor ... deixe seu comentário.