21 de fevereiro de 2011

Como funciona uma bateria de escola de samba



Quem passou pela rua Barata Ribeiro, em Copacabana, na zona sul do Rio, no começo de janeiro, certamente ficou curioso ao ver um time de ritmistas chegar ao imóvel de número 181 vestindo a camisa da Grande Rio e tendo às mãos todos os tipos de instrumentos usados por uma bateria de escola de samba.

Sob o comando do mestre Ciça, Tuca levava seu chocalho, Formigão tinha o surdo de primeira, Júnior Baiano carregava o repique, Bigú da 15 transportava a caixa, Fabiano levava seu tamborim e Bruno tinha outra caixa. Também eram transportados agogô, atabaque, cuíca, surdo de resposta e outros instrumentos.

O grupo passou cerca de cinco horas em um dos estúdios da “Cia. dos Técnicos”, que funciona dentro de uma galeria e até 2009 foi o palco da gravação dos sambas-enredo que embalam a Sapucaí - em 2010 o registro passou a ser feito na Cidade do Samba, ainda sob os cuidados da companhia.

No estúdio, cada instrumento foi gravado separadamente, no ritmo do samba-enredo deste ano da Grande Rio, para permitir que o internauta conheça o som da bateria, considerada o coração de qualquer escola de samba.

O engenheiro Mário Jorge Bruno, responsável pela gravação dos discos de samba-enredo desde a década de 1980, comandou os equipamentos de som. Quem também participou foi a equipe de infografistas do iG, que ao longo das semanas seguintes preparou esse instrutivo infográfico. O resultado desse esforço agora está à sua disposição. Divirta-se!


Curtiu o Blog ?
Acompanhe pelo Facebook

Um comentário:

  1. Demorou um pouco para baixar aqui, mas valeu a pena...
    Muito legal!
    Obrigada por compartilhar!

    ;D

    ResponderExcluir

Por favor ... deixe seu comentário.