30 de julho de 2010

Já passou dos 30 e poucos anos?

Para aqueles que ja passaram dos 30 e poucos anos .... com certeza você se lembra das fotos abaixo





Pois é amigos ... o tempo passa muito rápido !!!

…leia mais

29 de julho de 2010

Top 07 coisas muito irritantes no msn


01 – Alguem te chama, começa com: - Oi, tudo bom? E as novidades?... clicam no botão chato de chamar atenção e quando você responde demoram 15 minutos para responder com um " ah, que legal".

02 - Você está escrevendo, percebe que a outra pessoa também está escrevendo, você apaga tudo.... É estranho, mas acontece involuntariamente.

03 - Quando vai mandar uma mensagem no final dela sai um ' ] '. Isso porque essa tecla fica muito próximo do “Enter”, aí da nisso mesmo.]

04 - Você entra com o status em offline só pra ver quem está online.

05 - Sempre tem um(a) engraçadinho(a) que fica entrando e saindo toda hora, só pra ser notado.
Aí aparece aquela pilha de de mensagens “fulano acabou de entrar”.

06 - Uma pessoa te adiciona e depois de um tempo você vai falar com ela e ela te responde com um: - Te conheço?

07 - Fulano coloca tanto emoticon que fica praticamente impossível ler a frase toda.


…leia mais

28 de julho de 2010

Walt Disney World

Walt Disney World Resort em Orlando (Florida, EUA) é o maior e mais visitado resort em todo o mundo, contendo quatro parques temáticos, dois parques aquáticos, mais de vinte hotéis temáticos e inúmeras lojas, restaurantes e locais de entretenimento e lazer.
Idealizado por Walter Elias Disney foi inaugurado em 1 de outubro de 1971 com o Magic Kingdom e ampliado com a inauguração do Epcot (em 1 de outubro de 1982), Hollywood Studios (em 1 de maio de 1989) e Animal Kingdom (em 22 de abril de 1998). Fonte : wikipédia

Minha primeira visita foi em 1988 e desde então fiquei apaixonado pela magia e pela possibilidade de voltar a ser criança por alguns dias.





Imagens de um mundo de fantasia onde tudo e todos estão trabalhando para garantir a felicidade do hóspede e do visitante.



…leia mais

27 de julho de 2010

Fun stuff da terça-feira

Isso é que é ter FOME !!!

Não tem panela em casa ?

Tem que começar de pequeno mesmo.

Mais uma do Seu Edibar.


…leia mais

26 de julho de 2010

Perversão na educação brasileira


Sistema tributário brasileiro a serviço da intensa iniqüidade escolar
Veremos abaixo como o sistema tributário brasileiro serve à manutenção de uma obscena desigualdade de oportunidade e acesso a educação, base para o desenvolvimento de qualquer pessoa.Diante de o exposto a seguir, publicado originalmente na Folha de S.Paulo de 20/07/2010, reafirmo:
Reforma tributária, até quando?!


Mais perversão na educação brasileira


NAOMAR DE ALMEIDA FILHO

Na sociedade contemporânea, cada vez mais complexa e diversificada, formação universitária aparece como fator de ascensão social.
Neste Brasil de absurdos e iniquidades, educação superior supostamente implica uma profunda perversão social.
Eis o argumento: no nível básico de ensino, aos pobres, por seu reduzido poder econômico, resta a rede pública, com precária infraestrutura e docentes desmotivados por baixos salários.
Ao contrário, as camadas médias e altas da sociedade, por capacidade financeira própria, financiam a educação de seus jovens em escolas privadas, com melhores condições de vencer o filtro competitivo do vestibular.
Nas universidades públicas, recebem gratuitamente educação superior de qualidade, enquanto os pobres são obrigados a pagar caro em instituições privadas.
Essa análise oculta dois equívocos e uma falácia.
O primeiro equívoco refere-se ao conceito de gratuidade, como se pudesse existir alguma atividade, realizada com eficiência, sem custos estruturais e operacionais.
A universidade pública, dada sua missão social de excelência acadêmica, é cara e longe está de ser gratuita. É, de fato, pré-paga pelo orçamento público, constituído por impostos, taxas e também por contribuições sociais.

O segundo equívoco é achar que, "por capacidade financeira própria", as classes abonadas preparam seus jovens para ter acesso à universidade pública.

Isso não é verdade. No Brasil, importante parcela das despesas educacionais retorna às famílias com maior nível de renda sob a forma de descontos e restituição de impostos; dessa forma, enorme (mas oculta) renúncia fiscal subsidia a educação privada de seus filhos, o que lhes facilita predominar na educação superior pública.

A falácia encontra-se na premissa de que o Estado é sustentado por toda a sociedade, igualmente.
A estrutura tributária brasileira é, em si, importante fator de desigualdade social. Proporcionalmente à renda, os pobres contribuem para custear a máquina estatal, em todos os níveis e setores de governo, mais do que contribuintes de melhor situação econômica.

Dados do Ipea revelam que os mais pobres pagam 49 % de sua renda em impostos, enquanto os mais ricos contribuem com apenas 26 % da sua receita.

Ciclo vicioso, tripla perversão social. A maioria pobre não só financia a educação superior mas também subsidia a educação básica privada da minoria social privilegiada, que, não fossem as ações afirmativas, ocuparia a maior parte das vagas públicas.

Do ponto de vista da reprodução social, a formação daqueles oriundos da classe social detentora de poder político e econômico se dá, nas universidades públicas, em carreiras de maior retorno financeiro e prestígio social.

Por analogia ao conceito de mais-valia, a ideia de mais-perversão pode ser útil para entender e ajudar a superar a iniquidade social que tanto nos envergonha.

O estancamento da renúncia fiscal de despesas escolares contribuirá para resgatar a dívida social da educação, entrave ao desenvolvimento econômico e humano de nosso país.

_____________________________________________

NAOMAR DE ALMEIDA FILHO, doutor em epidemiologia, pesquisador 1-A do CNPq, é reitor da UFBA (Universidade Federal da Bahia) e membro do Observatório da Equidade do CDES (Conselho de Desenvolvimento Econômico e Social).

__________________________________________________________


Por : Pedro Rossi


…leia mais

23 de julho de 2010

Kaka no Walt Disney World

Durante alguns dias logo após o término da Copa do mundo de futebol na Africa vários jogadores de diversos países foram convidados pelo ESPN Wide World of Sports Complex no Walt Disney World para dar algumas dicas e ensinar ténicas de jogadas e um dos últimos jogadores a dar o ar da graça foi o nosso Kaka que participou de uma rápida clínica de futebol tendo como participantes jovens americanos e o próprio Mickey Mouse.









…leia mais

22 de julho de 2010

Como foi criado o logo da copa 2014









…leia mais

21 de julho de 2010

Caricaturas geniais.


…leia mais