4 de outubro de 2010

Eleições Nacionais





No plano nacional, teremos segundo turno entre Dilma e Serra. Com isso, veremos quais serão os novos venenos que a grande mídia destilará ante a candidata do PT. Não que o PT e ela sejam puros e inocentes. O fato, entretanto, é a assimetria de informações a que a população é submetida por esses veículos de comunicação.

A gritaria a respeito da quebra de sigilo da filha do candidato Serra, por exemplo, foi estrondosa. Entretanto, sem que se deixe de dizer que tal prática é ilegal, não se noticiou nenhuma linha a respeito das evidências que apontam que a filha do candidato Serra teria violado o sigilo bancário de aproximadamente 60 milhões de correntistas brasileiros através de sua empresa. Quer dizer, noticiar foi noticiado, mas não pelos jornais e revistas de grande circulação.

Há também a recorrente lembrança, para que o povo não esqueça, de que Dilma foi terrorista, participou de luta armada e que tais durante a ditadura militar. Vale lembrar que a ditadura tomou o poder também pelas armas e matou diversos opositores. Mas isto pouco importa às classes reacionárias não é mesmo?

Todavia, sobre este tema, não é esta minha indignação. Ela se constitui no fato de que o senador eleito pelo PSDB, Aloysio Nunes, declarou em recente entrevista, que à época da ditadura militar “lembrando de seu passado de luta armada, quando chegou a participar de assaltos, Aloysio diz que foi um erro”. Se fosse alguém de esquerda, seriam capas e capas estrondosas os acusando de serem criminosos. Abaixo, o link da entrevista para que não haja dúvida.


Ah, só para terminar, imagine você se o presidente Lula pulasse a cerca, ou seja, traísse sua esposa, qual seria a repercussão? Tremenda, por certo. O desqualificariam ainda mais. Totalmente oposto ao que se deu com o ex-presidente FHC, que não só traiu a falecida Ruth Cardoso nos anos 90 como teve um filho com sua amante, também para não deixar dúvidas do ato. Mas isso pouca gente sabe.



Por : Pedro Rossi

2 comentários:

  1. Interessante, Erick. A baixaria deve recomeçar. Mas é bom estarmos tranquilos. O Brasil hoje tem uma identidade no mundo. E não podemos perdê-la.

    ResponderExcluir
  2. Baixaria realmente vai ter, ou, pelo menos devia ter, já que é isso que o "povo" gosta...E ja que, nos debates ambos fugiram um do outro...

    Fato que: Todos tem os seus defeitos - e qualidades...mesmo eu sendo 45 nao da pra negar que o PT fez sim algumas coisas boas, mas fez muita coisa ruim...bem como o PSDB.

    A verdade é que: Pra esse país andar do jeito que gostaríamos seria preciso que tratassemos os politicos como nossos funcionarios, já que é isso que eles sao e nos pagamos (caro) o salario dele...Mas...Quem quer fazer isso, nao é mesmo?

    Ter um carnaval, e alguns poucos reais a mais na conta é suficiente para a maioria dos Brasileiros....(infelizmente!).

    ResponderExcluir

Por favor ... deixe seu comentário.