27 de janeiro de 2010

Velha ??? É a Vovozinha !!!



Estava eu sentada em um restaurante, saboreando minha carne mal passada que quase mogia ...
... vamos abrir um parêntese - não é parentes ! parentes são da família !
(Verbo mogir – alguém já parou para pensar como escreve mogir ?! com g ou com j ?! As duas formas saem erradas no Word. Achei mogir com g mais bonito, se estiver errado corrijam-me por favor)
Como eu dizia ...
Estava eu sentada no restaurante, já em êxtase com o sabor da carne, quando deparei-me com uma senhorinha e sua família. A senhorinha era uma típica vovó pequenininha e corcundinha, mas uma coisa chamou-me a atenção: a vovó tinha um cabelão compriiido grisaaalho. Pensei: deve ser evangélica.
Entra no restaurante outra vó. Essa era diferente, extravagante ! Ela desfilava com seu cabelo loiro, escovado, esmalte vermelho e toda cheia de si.
Pensei: que direito eu tenho de julgar as vovós ? Por que achamos que as vovós devem ter o cabelo curtinho ? e roxo ? e as unhas pintadas naquele rosa desbotado ? Minha vózinha só usa esse esmalte ...
Foquei na vó número 1 de novo: a véinha ta aí sentada, com essa cara de santa, mas tem cabelão – essa veia já deve ter dado mais que xuxu na cerca ! Imagina ?! Com esse mundareu de filhos aí na mesa ! Véia safada !
Bati na mão e pedi perdão ! Que pensamento mais inapropriado de uma senhora !
Comparei as duas vós e pensei: será que é o tempo que nos faz ficar tão “desbotadas” ou somos nós que permitimos que o tempo desbote o nosso brilho ? A vovó 2 está enxuta !
Serei uma vó disfarçada de santa ou uma vó cara de pilantra ? Acho que estou ficando velha... (nem cheguei aos 30). Cada pensamento...
- Psiu ! Acorda amor ! Quer sobremesa ou não ?! Parece velha dormindo acordada !

- Velha ?! Tá louco ?! Velha uma ova !! Eu velha ! Velha é a vovózinha !!! A propósito, a memória já ta falhando... mogir é com g ou com j ?!



Por : Carol Pontoldio

42 comentários:

  1. heuheueh
    é o que eu sempre digo: O tempo faz as pesssoas, se nós nos deixarmos levar pelo tempo só nos damos de cara com a morte. Por isso luto pela eternidade.

    ResponderExcluir
  2. hahahahaha eu adoro muito conversar com pessoas mais velhas. Elas tem uma experiencia de vida maravilhosa...
    adorei erich.
    *bjinhos

    ResponderExcluir
  3. aopskpaosopas Bom texto... me divertiu bastante... Eu espero não ser um velhinho chato hehehehe

    Abraços

    ResponderExcluir
  4. Até ja me peguei pensando tais coisas tbm!
    É realmente um caso a si pensar kkkkkkk

    Bem divertido!

    Sucesso 0/

    ResponderExcluir
  5. Eu tenho mania de olhar as pessoas e imaginar a vida delas! Velhinhos então, são tantas histórias que cabem! E o modo de vestir, falar ... tudo são elementos que temperam nossa imaginação.
    Gostei do texto, muito divertido!

    ResponderExcluir
  6. Oi Carol!

    Adorei a crônica. Também já me peguei pensando nisso. Às vezes não é uma coisa, nem outra. É fruto da nossa imaginação criativa. Cada pessoa tem uma história própria e, às vezes, completamente diferente do que uma aparência possa transmitir. Ah, mugir é com G mesmo...hehehe.

    Abraço,


    http://cafecomnoticias.blogspot.com

    ResponderExcluir
  7. hiahiuahaaihiahaia
    adorei seu blog
    sucesso at mais

    ResponderExcluir
  8. a imagem para ilustrar o texto foi ótima.

    Bom,eu acho que a gente não deve julgar os outros.é claro que no pensamento a gente com certeza vai julgar,mas não precisamos ficar falando as nossas opiniões (de algo que a gente nem conhece)por aí

    ResponderExcluir
  9. olá, sou do blog CINEMA E PIPOCA, e gostaria de saber, se não estaria interessado numa troca de links?
    Gde abraço e aguardo resposta

    www.cinemaepipoca.blogspot.com

    ResponderExcluir
  10. ACHEI ENGRAÇADO , MAS NA VERDADE A CONOTAÇÃO ME FEZ PENSAR MUITO A RESPEITO SOBRE ENVELHECER... COMO DEVEMOS NOS ESPELHAR NOS MAIS VELHOS E EM SUAS ESPERIENCIAS DE VIDA!
    OTIMO POST!

    ResponderExcluir
  11. uhauhauhaahuha, eh não fazem mais vovozinhas como antigamente, não tem mais vovozinhas como a minha, q tem aquela pelanca gostosa pra gente ficar apertando uhauhauha!! Mas sinceramente acho q todas as vovozinhas tem todo o direito de se cuidarem e ficarem enxutas. Eu quero ser uma vovó enxuta!!!

    ResponderExcluir
  12. haushaushaushaus,esse texto me lembrou minha avó,ela tem 63 anos,mas não aparenta,não sei o que ela faz!
    belo post!
    :D

    ResponderExcluir
  13. Acho que melhor do pensar em como seremos quando velhos, é procurarmos sempre nos surpreendermos com as pequenas coisas da vida para que nossa alam não envelheça!

    Fico com a vovó número 2 pra mim.rs

    bjo

    ResponderExcluir
  14. AdOooooOreiiii a crônica.
    Tenbém estou na casa dos 30 anos e de vez em qd me vem esses pensamentos (maliciosos da velhice)
    Mas acredito eu que serei a vovó (2) sou muito piruona hahaha
    Obrigada pela visita e volte sempre!
    Vou te seguir aqui e no twitter, me segue tbm?
    Bjos e sucesso com blog!

    ResponderExcluir
  15. Pois é o texto é interessante , podemos entender pelo angulo do observador... a natureza humana tende a julgar as pessoas pela aparencia mesmo, nosso mundo é o do que parecemos ser, não exatamente do que somos!

    acho que essa onde de bbb´s, fazendas com pessoas que so tentam mostrar o corpo acaba nos influenciando a tentar descobrir quem sao as pessoas pela aparencia, talvez conversando veriamos que soa pessoas totalemnte diferentes
    valeu pela reflexao
    Ibere

    ResponderExcluir
  16. Adorei o texto!
    Eu acho que idade não é desculpa para se deixar "estragar". Devemos preservar o maximo de nós mesmos.
    Adorei as comparações das velhinhas. E julgar, mesmo quando não gostamos, é normal.

    E amei a finalização.
    "- Velha ?! Tá louco ?! Velha uma ova !! Eu velha ! Velha é a vovózinha !!! A propósito, a memória já ta falhando... mogir é com g ou com j ?!"

    ResponderExcluir
  17. hsaiuhsaiuhas. Tenso!
    Parabéns pelo blog.

    http://passagemusical.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  18. é "MUGIR"

    =)

    cara... adorei o txt...
    Acho que serei uma mistura da número 01 com a 02 - cabelo branco compridão, com lápis de olho, blusa roxa, calça preta ebota sem salto pra n capotar...srsrsrsrrs

    abraço,

    gritosquenaodei.blogspot.com

    ResponderExcluir
  19. hahahahahaha... caramba mt boa a forma q vc descreveu, um humor sutil, sacada inteligentes. Acredito que os tons pastéis, o comprimento do cabelo, unhas etc, fazem parte de como as pessoas se sentem melhor ou n. Eu acho o máximo quando vejo uma velhinha alto astral com auto estima etc.

    Parabéns pelo blog. Topa parceria?

    Adubados®
    ...pois nem todo adubo é merda!

    http://adubados.blogspot.com

    ResponderExcluir
  20. Me envolvi com seu texto, muito bom!
    E as vezes me pego imaginando... Como eu serei quando velho?

    Abraços,
    http://papeisriscados.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  21. Eu só espero que, quando eu for uma vovó eu tenha discernimento para, seja como for que eu me vista ou pinte, não parecer ridícula!

    Quando tiver um tempinho, dá uma passadinha no meu blog: ele conta as aventuras de uma garota que tenta sobreviver a essa droga de adolescência.
    http://diariodeumagarotaemapuros.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  22. Muito bom!
    A imaginação não envelhece nunca!]
    bjs!

    ResponderExcluir
  23. muito bom o blog! Velhice não é idade e sim estado de espirito, tem gente com 20 anos que pode ser velho!

    ResponderExcluir
  24. Você nunca achará mogir ou mojir no dicionário porque as duas formas estã completamente erradas. O certo é mUgir, com U não com O.
    hehehe

    Mas o blog ficou bem bacana, parabéns ^^

    ResponderExcluir
  25. Minha mulher está escrevendo cada vez melhor ...
    T amo.

    ResponderExcluir
  26. Qualquer pessoa ja deve ter pensando alguma Vez na vida como vai ser quando mais velho é normal,eu mesmo com 15 anos já pensei !

    http://consuladodoesporte.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  27. PS: eu adoro o humor sarcástico e irônico delas também...
    *bjinhos

    ResponderExcluir
  28. Meu Deus, não quero nem pensar em velhice!
    a propósito, lindíssimo texto.

    ResponderExcluir
  29. HUSHAHUSHUASHUA adorei o texto,bem legal e o assunto é diferente...

    Visite meu blog tbm:http://imodelblog.blogspot.com/

    bjkks

    ResponderExcluir
  30. HUSHAHUSHUASHUA adorei o texto,bem legal e o assunto é diferente...

    Visite meu blog tbm:http://imodelblog.blogspot.com/

    bjkks

    ResponderExcluir
  31. kkkkkkkk'z

    To meio por fora desses assuntos de velhice mais o texto é sensacional! parabéns!


    Level Gamed
    www.levelgamed.blogspot.com

    ResponderExcluir
  32. Nada como a experiência! Nada!

    Abraços,

    Blog do Empreendedor

    ResponderExcluir
  33. Carol, primeira vez que leio um texto teu aqui, então só uma palavra: parabéns.

    Me arrancou risos com esse final.

    ResponderExcluir
  34. Parabéns, muito bom o seu blog.

    http://futeboltotalpordan.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  35. Putz .... na verdade com bons ou maus pensamentos, todo mundo, quando chega a uma certa idade, se torna uma pessoa boa ... sem pecados, ou não.

    ResponderExcluir
  36. VOVOZINHA não tem acento e o certo é MUGIR, com U! rsrsrs

    ResponderExcluir
  37. kakaka Muito bom o texto sensacional. kakakaka
    Abraços forte

    ResponderExcluir
  38. Acho que é nós mesmos que nos desbotamos, enquanto a sua dúvida creio que seja com J,pois trata-se de um verbo.

    ResponderExcluir
  39. kkkkkkkkkkkkkkk

    Adorei a cronica, PARABENS!

    Minha vózinha ta bem mais viva que eu, teve uma vida sofrida, mas a véia ta cada dia mais safada! kkkkkkkkkkkkkkkkk... Pretendo ter uma velhice parecida com a dela (isso se eu chegar lá).
    QUanto ao mogir ou mojir, acho que acusou errado das duas formas pq é mUgir com U =D.
    Beijos, e parabéns

    ResponderExcluir

Por favor ... deixe seu comentário.