4 de dezembro de 2009

Tudo é para ontem

Cada vez mais me convenço que uma característica fundamental de um empreendedor é o senso de urgência. Sem esta percepção da urgência, corre-se o risco de cair na inércia, de ser batido pela concorrência, de sofrer com a paralisia da análise.

O que é senso de urgência? Bom, vamos começar pelo que NÃO é:

* Não é partir para o desespero.
* Não é pular etapas do planejamento.
* Não é ficar estressado com qualquer problema que mude seus planos.
* Não é achar que o sucesso virá do nada, de um dia para outro.
* Não é deixar de pensar cuidadosamente em cada decisão a ser tomada.

Então, do que se trata exatamente o senso de urgência?


* Trata-se de colocar idéias em prática, mesmo que ainda não estejam detalhadas ao extremo.
* Trata-see correr riscos calculados.
* Trata-se de reconhecer a necessidade de alguns sacrifícios pessoais para desenvolver seu negócio.
* Trata-se de compreender que um erro é apenas uma etapa mais do aprendizado que deve ser corrigida imediatamente.
* Trata-se de não deixar que o desânimo ocupe um de seus maiores ativos: o tempo.

Se você não acredita que ainda não desenvolveu seu senso de urgência, fique tranquilo. Isto é mais fácil do que parece. Trata-se apenas de responder a uma única pergunta, e tomar uma única ação:

A PERGUNTA: O que posso fazer neste exato instante que me leva um pouco mais perto de meus objetivos de negócios?
A AÇÃO: A que responde à pergunta acima, desde que seja imediata.

Em cada momento em que você se sentir um pouco perdido, sem ritmo ou desanimado, se faça esta pergunta e tome instantaneamente a ação correspondente.

A ação pode ser mínima, mas deve ser concreta. Pode ser pegar um papel e desenhar um rascunho do organograma de sua empresa. Pode ser pesquisar um concorrente na internet. Pode ser um telefonema para um contato profissional ou um potencial cliente.

Desenvolva seu senso de urgência, e você notará como o sucesso acontecerá com maior velocidade, e como você se sentirá melhor em relação a seu desempenho como empreendedor.

Por : Luiz de Paiva

Fonte : Empreenda já

Um comentário:

  1. Desenvolver o senso de urgência,pode ser comparado a iniciativa ,não é mesmo?

    Abraços!

    Carol Sakurá

    ResponderExcluir

Por favor ... deixe seu comentário.