2 de dezembro de 2009

Crônicas de uma paixão - Neuroses de Nina

A Lua de mel foi em Miami e apesar de todo mundo desconfiar se o casamento duraria já que foi uma paixão louca de 4 meses, Cabeça resolveu tomar coragem e assumir a união. As famílias só puderam aceitar o fato.
Vôo tranqüilo, desembarque e imigração sem problemas e foram pegar as malas.
- More, já pegou as malas? e a necessaire ?
- Necessaire ??? que é isso?
- Aquela malinha prata pequena tipo frasqueira que estava junto com as malas.
- Putz, não me lembro de ter despachado.
Nina ficou branca por alguns segundos, todas as maquiagens, perfumes e demais acessórios que nós homens jamais entenderemos como se usa estavam naquela malinha.
- Legal heim more, a sacola com os toblerones que você comprou no free shop não desgrudou do seu lado um minuto.
- Sem stress né Nina, a gente passa em algum lugar e compra os bagulhos básicos.
- Bagulhos??? aaaaaaaaahhhh.
Entraram no ônibus para ir até o hotel Hyat Ocean Drive, na boca da praia em Miami.
- Caraca Nina, olha isso. Bora tirar foto.
- More, vamos fazer o check-in antes, olha só quanta gente chegando.
- Um minuto só, fica ali perto do vaso.

Primeira neurose:

Cabeça levou uns 5 minutos só para achar o local perfeito e arrumar a máquina, ligou o timer em 10 segundos e saiu correndo para abraçar Nina.
Click....!
-Porque você não pediu pra alguém tirar a foto?
- Nem, os caras não conseguem pegar os detalhes e enquadram tudo errado.
A fila do check in nessas horas já estava lotada de brasileiros.
Pegou a chave e correu para o quarto para aproveitar os primeiros minutos de lua de mel mas antes, parou para tirar mais umas 5 fotos com timer de 10 segundo e irritando Nina. Isso iria acontecer várias vezes durante a viagem.
- 626, 628, aqui, chegamos no 630.
Abriu a porta e se deparou com duas camas de solteiro.
Desceu na recepção e a informação dada foi:-
Tem muitos hóspedes, infelizmente o Sr. fez o check in por último e não temos mais nenhum quarto disponível.
Lógico que não contou o detalhe do check in por último para Nina.
- Não acredito !!!
- A gente dorme na mesma cama princesa. É mais romântico.
Resolveram tomar um banho juntos, demorado, quente e depois se trocar para ir comprar as coisas da frasqueira prata de Nina.

Segunda neurose :

- Será que ta frio?
- Nossa more, tava calor la embaixo.
- hummm, sei não, deve esfriar de noite e não suporto frio.
- Voce está doente, deve estar uns 35 graus.
Cabeça saí com uma baita jaqueta.
- Se ta achando que vai nevar é?

- Detesto passar frio, relaxa que eu seguro a blusa.Resumo, cabeça molhou a camiseta de tanto calor que fazia em Miami.

Terceira neurose:

Passaram por quatro locais antes de voltar ao Wall-Mart, pois cabeça não gasta dinheiro sem pesquisar antes e tudo que Nina pegava ele olhava o preço e procurava algo similar mais barato do que tinha anotado nos outros mercados.
- Por que você trocou o corretivo que eu peguei?
- Esse é igual e metade do preço.
- Mas nunca vi essa marca antes.
- Ué, da uma chance, aliás, todos os produtos dessa marca são mais baratos.
- Quem esqueceu minha nécessaire foi você mocinho, agora agüenta que vou ter que comprar tudo de novo.
- Só por Deus viu, o que é isso aqui?
- Peguei um pote de creme anti-rugas para mamãe.
- Você ta de brincadeira comigo!!! Essa fortuna?? Ela compra no Brasil que tem igual e pode pagar no cartão em 5 vezes.
- Ái que pão duro!!!
De volta ao hotel dormiram espremidos, mas de forma romântica.

Quarta neurose:

Levantaram super cedo pois, cabeça acha que não pode dormir em dólar e resolveu acordar as seis.
Nina ficou muito feliz.
Cabeça carregando sua pesada jaqueta ficou a manhã toda reclamando de dor nas costas até que depois do almoço não agüentava mais nem andar.
- Putz Nina, ta doendo demais. Acho melhor ir para o hospital.
No hospital cabeça foi logo para as salas de exame e por sorte o médico falava um portunhol. Uma hora depois com muita dor e vários exames o Dr volta:
- Você está com três pedras no rim. Vou te dar um remédio para tirar a dor e tome muita água que as pedras saem sozinhas.
Cabeça tomou uma dose cavalar de morfina . . . sim, morfina pura e apagou por 10 horas seguidas dentro do hospital deitado na cama.
E a Nina?
Leu todas as revistas da recepção, dormiu no sofá, acabou com os M&M da máquina do final do corredor e ficou ao lado do marido.
Cabeça acordou, pegou o refil de morfina em caso de mais dor e foram para o hotel.
Passando pela recepção do hotel, Nina foi chamada e recebeu a notícia de que sua terceira mala tinha sido encontrada e ficou surpresa quando o moço colocou a nécessaire no balcão.
- More!!! Olha só o que eu achei?
- Que é isso ?
- A nécessaire que você falou não ter despachado. Ela veio só que deixamos no aeroporto.
- Putz, você não abriu as coisas que compramos né? Vamos trocar tudo.
- Ta bom...ahan !!!!, Já está comprado lindinho.
- Nananinanão, vamos trocar !!!
- Que coisa chata, toma mais morfina vai, você estava melhor apagado.
Subiram para o quarto e como cabeça estava melhor e a viagem estava acabando resolveram sair rápido para curtir Miami.

Quinta neurose :

- Ta pronta? Cadê a máquina?
- Sei lá. Estava com você.
-Pow Nina, eu fiquei apagado no hospital, como é que estava comigo?
- Nem lembro onde coloquei.
Vasculharam o quarto e nada.
- Vamos voltar no hospital.
- Aaaaaaaa não!!! A gente compra outra.
- Nem ferrando, não vou gastar mais sendo que a máquina está no hospital e outra, detesto perder minhas coisas, é sentimental.
Voltaram no hospital e não acharam nada.
No caminho de volta ao hotel o silencio imperava no taxi e como já era tarde resolveram pedir alguma coisa para comer no quarto.
O dia seguinte seria o último dia inteiro em Miami e acordaram as seis de novo e foram para a rua.
Na saída do hotel uma surpresa, Angelina Jolie e Brad Pitt entrando pela mesma porta. Param na frente de Nina e ela corre, abraça os dois e grita :
- More, rápido, tira a foto.
- Com o que sua cabeçuda?
- Não acrediito!!!! Não creio, não creio, você sabe como eu amo esse casal.
- E a culpa é minha? Quem perdeu MINHA máquina foi você.
O resto do dia usaram para conhecer um pouco de Miami naquele clima desagradável.
Cabeça com dor por causa das pedras e Nina brava por ter perdido a foto com Brad.
Voltaram, arrumaram tudo, dormiram cada um em uma cama e bye bye Miami.
Chegada calorosa, ambas as famílias esperando com faixas, uma festa.
Em casa, os dois discutem e o clima fica pior e com uma decisão arriscada, cabeça resolve ir para a casa dos pais alegando que os dois não se conheciam direito e precisava de um tempo.
Escutou até de madrugada da mãe e do pai aquele famoso “ eu avisei “.
Quinze dias depois, os dois se reencontraram a pedido de Nina.
- Sabe a máquina ?
- An, o que tem?
- Tava no bolso daquela maldita jaqueta que você carregou todos os dias sem usar.
- Sério? Acho que eu que coloquei enquanto estávamos indo para o hospital.
- Tem mais, sabe a tal marca dos cosméticos que você me fez comprar por ser mais barata?
- Sei.
- Me deu uma baita alergia, o dermatologista pediu todos os produtos para verificar e disse que essa marca é uma porcaria, de quinta categoria que eu estava proibida de usar e sugeriu jogar tudo fora principalmente agora que estou grávida.
- O que? Grávida? Como assim?
- Pois é more, aquele banho demorado do primeiro dia.

Beijos calorosos de reconciliação com juras de amor e pedidos de desculpa....

mas as pedras no rim de cabeça ainda estão lá..

4 comentários:

  1. Hahahaha

    - Necessaire ??? que é isso?

    Homem é maluco. eu tb a algum tempo não sabia o que era necessaire, engraçado pense, mas tudo no fim ficou bem, parabéns a eles pela criança.

    BLOGdoRUBINHO
    www.blogdorubinho.com.br
    www.twitter.com/rubenscorreia

    ResponderExcluir
  2. conheço essa estória...

    ResponderExcluir

Por favor ... deixe seu comentário.