14 de setembro de 2009

Reforma política parte II

Um dos temas mais importantes sobre a reforma política brasileira trata-se do financiamento público das campanhas eleitorais. Tema bastante polêmico e controverso. Afinal, em um país onde há freqüentes notícias de desvio de recursos públicos, corrupção, altas cargas tributárias... Enfim, um sem número de problemas ligados ao poder público que distanciam os cidadãos do mesmo e, conseqüentemente, fazem muitos deles torcer o nariz diante da possibilidade de ter que tirar do próprio bolso recursos para as campanhas eleitorais.

Continue lendo aqui . . . .

4 comentários:

  1. falai chará...
    muit bom o conteúdo...
    desvio de recurso publico é foda...

    ResponderExcluir
  2. Um assunto tão antigo que ainda causa tanta polêmica.. É difícil achar solução pra esse tipo de problema, e pelo jeito que a carruagem anda, não vamos achar tão cedo :T

    ResponderExcluir
  3. Interessante como fica mais do que claro o sistema uma mão leva a outra neste quesito de doações, interessante mais ainda como ainda conversaremos, leremos, e falaremos tanto disso até que de fato se mude, se é que algo vai mudar ou apenas começar a ser impulsionado a agir ilegalmente, mas isso já é um outro papo ..

    ResponderExcluir
  4. essa é a reforma mais complicada de sair, pois para os politicos, que tem que votar na reforma, a maneira que está, está uma maravilha!!!!!

    ResponderExcluir

Por favor ... deixe seu comentário.