10 de agosto de 2009

Deus no Céu, Sarney na Terra

Poderia falar da confissão do presidente da Confederação Brasileira de Futebol (CBF), Ricardo Teixeira, de que o país necessitará, sim, de dinheiro público para a viabilização dos estádios, velhos e novos, que sediarão a Copa de 2014. Vale lembrar que quando da candidatura do Brasil a tal empreitada, o mesmo Ricardo Teixeira dissera, reiteradas vezes, que não se investiria nenhum centavo público nos estádios da Copa. O dinheiro do povo seria usado somente para as obras de infra-estrutura. Ledo engano, a farra do Pan-2007 está de volta. Tudo mais que previsível.

Também poderia comentar sobre a situação pra lá de escabrosa de um lavrador capixaba que está preso há 11 anos a espera de seu julgamento. Na verdade, escabrosa é a situação da justiça criminal brasileira, em que o caso acima é só mais um entre tantos outros exemplos. Segundo levantamento do Conselho Nacional de Justiça (CNJ), são muitos os casos em que pessoas permanecem presas a espera de julgamentos que nunca acontecem ou, pasme, acreditem, com a pena já cumprida. E endinheirados e poderosos, como a dona da butique de luxo Daslu, condenados, ainda que em 1º instância, por sonegação fiscal milionária, permanecem circulando livres pela sociedade.
Imagine se a lei não fosse igual para todos... Dada a aberração injustificável destes fatos, voltarei a falar deste tema posteriormente.

Tudo por conta do presidente do Senado, José Sarney (PMDB-AP). Com a avalanche de denúncias diárias contra o senador, ficaria absolutamente extemporâneo se deixasse para depois o comentário de uma declaração feita nesta semana pelo emparedado.
Em discurso de autodefesa no plenário do Senado, o “nobre” senador tentou mostrar que as acusações de que nomeia parentes para assessorá-lo são infundadas e injustas.
Para tanto, a certa altura de seu discurso, a fim de se defender de uma entre tantas nomeações suspeitas, Sarney argumenta que seu Estado é o Amapá. Isto porque muitos dos nomeados têm ligações com o Maranhão, seu Estado de origem.
Sarney realmente é senador eleito pelo Amapá. Possivelmente porque os cofres públicos de seu “querido” Maranhão não agüentavam mais sozinhos os caprichos e as vontades pessoais da família Sarney. Mas até as paredes de seu gabinete sabem que o Estado maranhense é guiado por Deus, no céu, e comandado por Sarney, na Terra. Cascata da pura o argumento do “senador do Amapá”, portanto.
Aaaah, Sarney também usou para se defender artigos da Constituição Federal (CF) de 1988.
O curioso é que a mesma, veda que funcionários públicos, todos, sem exceção, recebam subsídios mensais superiores aos percebidos pelos ministros do Supremo Tribunal Federal (STF), algo em torno de R$24.500,00. Mas parece que este artigo da Constituição, 37, inciso XI, não se enquadra ao presidente do Senado. Afinal, a Folha de S.Paulo revelou nesta semana que os cofres públicos depositam todo mês aproximadamente R$52.000,00 nas contas de Sarney. São duas aposentadorias mais o salário de Senador.
Penso que o “nobre senador” terá certa dificuldade em encontrar nesta mesma Constituição o artigo que o isenta de se enquadrar no referido artigo 37, inciso XI, da CF de 1988.






Por : Pedro Rossi

14 comentários:

  1. É uma poca vergonha esse Brasil(principalmente o Sarney). ò, q legal, brasil vai cediar uma copa do mundo! mas eu axo q tem mts coisas que vem em primeiro lugar, q precisam de investimento, saúde, educação, e vao gastar milhões justamente com isso... --'

    bejao
    http://www.rocknaveiaaa.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  2. Esse Sarney é o sucessor de Lampião...
    É o que postei lá no meu bloguinho, homi...
    Conversas do Sertão.


    http://conversasdosertao.blogspot.com

    Vamos nos divulgar, cabra?
    Você já tá lá...

    ResponderExcluir
  3. essa storia do senado vai longe ...o prblema e que nos povo eskecemos as coisas facil...vamos ver oke vai dar....

    ResponderExcluir
  4. Política é complicado, qdo eu ligo a tv e paro pra ver os telejornais eu fico com a impressão de que a merda soh tá fedendo aqui no Brasil ... q o resto do mundo tá tudo normal ... mas enfim ... isso é Brasil ...

    ResponderExcluir
  5. O coronelismo que cerca toda a família Sarney é, senão vergonhoso, serve como existe gente que os teme. É por isso que ele está lçá, e isso se reflete no Brasil como um todo.

    Abraço!

    ResponderExcluir
  6. ual

    queria nem ri vei, é absurdo oq eles falam :~
    parece mais Micahel Jackson negando q nunca fez plastica -.-

    ResponderExcluir
  7. Que bom encontrar mais um cidadão indignado que usa o espaço em seu blog, para tentar alertar a população.... Quem sabe assim se acaba essa apatia, que paira sobre a sociedade né? Bem, Sarney é triste... Mas é o habitual ( e não normal) dos políticos de nossa República das Bananas. Pior que ele, ou da mesma estirpe, só pra-lamentar mafioso, Canalheiros e sua tropa de soberbos e incompetentes suplentes, que nem p/ angariar votos servem e, ainda se acham os donos do pedaço...
    Ah, viu que deplorável o artigo do Cony em defesa de Sarney? Decepcionei-me com ele...
    Agora, repito o dito na coluna do Simão: Qual a diferença entre o Senado e o Lixão? Ambos fedem, mas no Lixão ainda se encontra o que possa reciclar"
    No mais, parabéns pelo blog!

    ResponderExcluir
  8. pior q falar deus no céu, sarney na terra é mais desesperador ainda
    apskpaoskapskaposkas
    imagina quem tá no ifnerno ?
    eu...
    sim eu
    num falo mais nada.
    esse senado parece o tapete aki d casa
    quanto mais o tempo passa mais sujeira se acumula...
    é só lavar uma vez por mes q a gnt descobre a sujerada q tm embaixo
    pq as sujeiras q tm em cima todos jah conhecem....
    =/
    =[
    mto bom seu blog.
    interessante...
    primeira vez akki
    voltarei mais vezes
    grande abraço
    e será bm vind no
    www.bocadekabide.blogspot.com

    ResponderExcluir
  9. Infelizmente a "existência política" do Sarney é um reflexo de como nós tratamos essa esfera tão importante.
    Enquanto continuarmos falando que política é chata, que não queremos nem ouvir falar desse assunto, vamos dando espaço pra esse tipo de calhorda se apropriar do poder que é do povo e para o povo.

    Um dos posts do meu bloglista cinco candidatos à sucessores do Sarney, caso ele tenha que largar o osso... Tudo de forma bem humorado, mas sem esquecer de protestar sobre essa "sujeirada"...

    o post é: http://surtocoletivo.wordpress.com/2009/08/07/top-5-sucessores-de-sarney/

    ResponderExcluir
  10. Oi, Pedro!

    Excelente post. Fico aqui pensando que pelo menos esse escândalo toda da crise institucional do Senado faça com que as pessoas se interessam a pesquisar um pouco sobre os candidatos na hora de votar. Se temos um Senado e um Congresso a culpa não é só minha, nem sua, é de todos nós.

    Abraço

    ResponderExcluir
  11. Temos o governantes q merecemos; talvez eu e vc não mereçamos, mas a maioria é q manda, e a maioria ta preocupada com a novela e o curíntia, então... eles que nos hospitais chamem a Globo e o Ronaldo...

    abç
    Pobre Esponja

    ResponderExcluir
  12. Sabe ,a culpa dessa...picaretagemna politica é culpa nossa,se totdo mundo fala que os pliticos são ladrões,corruptos, por que continuamos votando neles?Sarney tá a decadas na politica,ele apoioiu pa ditadura ,lula era contra ele ,agora são todos amigos,que coisa né?

    ResponderExcluir
  13. Querido amigo avassalador... Fico delirando e imaginando qual fantasia vai vender mais esse ano? Mascara bigoduda do Sarney ou o nariz vermelhinho de palhaço do eleitor?

    ResponderExcluir

Por favor ... deixe seu comentário.