3 de maio de 2009

Minha jornada - parte 4

Guangzhou é uma das maiores cidades na China e concentra as maiores feiras de negócios do mundo em todas as áreas.
Tudo em Guangzhou é grande, imenso, inecreditável. Prédios com menos de 40 andares é difícil de ver e o centro de convenções é imenso com pavilhões enormes e gente andando para todo lado.
Cheguei na cidade bem no feriado de primeiro de maio e resolvi dar uma volta. Fui a uma rua típica que não é muito conhecida por turistas que tem comércio de sementes, raízes e coisas muito estranhas como cavalo marinho desidratado, escorpião, centopéia, besouros e outros voadores desconhecidos, língua de tudo que é animal e muito ginseng.
Se anda, nada ou voa e está morto, eles comem e comem o animal todo, não deixam nada de fora. Aproveitam ossos, cartilagens e órgão internos para tudo.
Bem no meio da rua vejo uma casinha com uma placa de um desenho de um dente e quando cheguei na frente pude ver que tinha um dentista trabalhando muito concentrado na boca de uma moça com tudo aberto, portas e janelas sem ambiente controlado e em uma rua que cheira ginseng e tem pétalas de flores voando por todo lado.
O jantar foi complicado.
Veio língua de pato, perna de porco com a pele e ganso.
Prometo colocar as fotos nos próximos dias.

3 comentários:

  1. sim, sim, poste as fotos, devem ter ficado bem interessantes (ou um pouco nojentas também!)

    abraço

    ResponderExcluir
  2. Sensacional! poste as fotos! abraço!

    ResponderExcluir
  3. Deus me livre dessas comidas chinesas desse nipe...hehehe...não como isso de jeito nenhum...hehehe. Adoro ler esses relatos e estou ansioso para ver as fotos.

    Abraço,

    =]

    -------------------
    http://cafecomnoticias.blogspot.com

    ResponderExcluir

Por favor ... deixe seu comentário.