12 de março de 2009

Lula, copia Obama!

O cenário econômico mundial é catastrófico.
A popularidade e os índices de aprovação do presidente são amplamente favoráveis.

A primeira afirmação é comum a todos os países, sobretudo em tempos de globalização.

A segunda é verdadeira para dois dos mais importantes países do continente americano, Brasil e Estados Unidos, ao menos para nós brasileiros. Mas as semelhanças param por ai.

Enquanto Barack Obama institui políticas socialmente responsáveis em menos de 2 meses de governo, Lula age timidamente na promoção da justiça social e olha que já se foram 6 anos de governo Lula, cujos índices de aprovação só fazem aumentar.

Por aqui, a menina dos olhos de Lula é o bolsa família.
Programa importante para os milhares de miseráveis brasileiros, que acordam todos os dias sem saber se terão o que comer, mas que não garante a independência das camadas mais baixas da população perante o Estado brasileiro, ou seja, trata-se de um programa assistencialista, que como tal deve ter prazo de validade.
Para tanto, urge a ampliação de políticas estruturais universais que garantam às camadas mais pobres brasileiras uma vida digna e se emancipem das asas do Estado, ações que o presidente yankee vem implementando em seu curto tempo de governo.

Barack Obama já tratou de instituir um fundo de aproximadamente U$634 bilhões para expandir, ou melhor, universalizar o sistema de saúde pública americano, predominantemente privado, medida importante e inteligente, já que com o desemprego em viés altamente crescente, a massa de americanos a procura de saúde pública aumentará vertiginosamente.
Obama visa estender tais medidas às outras áreas sociais importantes, como a educação, porém, a medida mais inteligente e responsável de Obama está na forma com que parte destes fundos sociais serão financiados......com parte da renda dos aproximadamente 5% americanos mais ricos.
Isso mesmo.
A proposta tem por objetivo aumentar os impostos de renda daquelas famílias que têm ganhos superiores a U$250.000,00 por ano o que, aliás, difere de seu antecessor, George W. Bush, que reduziu os impostos da população mais rica.

Como disse Clóvis Rossi na Folha de S. Paulo, medida que nós brasileiros esperávamos ser adotada pelos “sociais-democratas” Fernando Henrique Cardoso e Lula, mas como Lula ainda é o comandante desta nação, sugiro que aproveite o encontro com Obama neste próximo fim de semana para copiar e implementar está brilhante medida do presidente americano.



Por : Pedro Rossi

15 comentários:

  1. Nao e a toa que o brasil e o pais da pirataria...hehehe


    atualize sempre t+

    Se puder passa no meu blog:

    http://paginadacomedia.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  2. Bom, mas já sabiamos que não era de se esperar muito apqueles fatidicos quatro anos....

    Já o Barack apesar de estar indo bem e cedo para presupor algo, os dias são lentos e o futuro não de certo agora.

    muito bons os teus textos

    ResponderExcluir
  3. Vi seu blog no blogupp e vim conehecer!
    apareça no meu blog e participe do sorteio que tá rolando por lá essa semana:

    http://priemforma.com/?p=692

    Cponto com sua participação!bjks

    ResponderExcluir
  4. Oi, Pedro!

    Há um tempo atrás, assisti um documentário sobre a saúde pública nos EUA e fiquei com a boca aberta: o negócio lá é horroroso! A saúde pública aqui no Brasil é ótima se compararmos com a dos americanos. Lá se uma pessoa cair na rua, e vc socorrer, vc fica responsável por ela. E quem não tem convênio morre.

    Por isso que é importante o seu texto para fazer esse alerta. Temos o costume de sempre achar que os EUA é melhor, mas lá há pouco investimento no social.

    Abraço,

    =]

    -------------------
    http://cafecomnoticias.blogspot.com

    ResponderExcluir
  5. Sei nao, mas nao é um bom exemplo a ser copiado.
    Até que Lula vem fazendo um mandato regular.
    Abraço!

    ResponderExcluir
  6. conheço comunidades inteiras que vivem do beneficio da bolsa familia...

    filho virou um negocio lucrativo

    ResponderExcluir
  7. eh um exemplo a ser seguido

    se puder
    http://sonabrisa.nomemix.com/

    ResponderExcluir
  8. Agora é só esperar o melhor, tenho certeza que Lula será prudente o bastante de pegar alguns bons exemplos e vice versa...

    http://subversoz.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  9. Com certeza precisa se inspirar e também ter mais vergonha na cara. É absurdo o que assistimos diariamente. Pessoas morrendo por falta de médico ou por erros médicos. Bom se fosse só essa área que não funcionasse... Dá pra contar nos dedos o que funciona por aqui.

    Abração

    ResponderExcluir
  10. Putz, muito bom seu texto, é crítico e leve, faz a gente querer lê-lo^^'

    Concordo com você, infelizmente o Presidente do Brail, adotou a forma simples do assistencialismo, aquela medíocre, que só serve de esmola, mas que não antecipa os menos favorecidos, pena...

    um abraço!

    ResponderExcluir
  11. Muito bom o teu jeito de escrever.
    Gostei.
    Voltarei sempre que eu puder.
    Posso fazer um link para o meu blog??
    abraços

    ResponderExcluir
  12. Olá!

    Até o momento, o governo brasileiro tem feito menos do que é necessário para melhorar a situação do nosso país para enfrentar a crise atual. Os Estados Unidos estão em situação muito mais delicada do que a nossa, acrise é muito mais forte lá do que aqui.

    Por isso, as ações dos dois governos devem ser diferentes. O que o governo norte americano fez ainda é insuficiente para alavancar a economia daquele país. No nosso caso, se o governo forçar mais aumentando em torno de uns 30% do que já foi feito para combater a crise será suficiente para que a nossa população não sofra tanto.

    Muitas pessoas, por diversos motivos, tendem a super estimar a capacidade do novo governo norte americano em enfrentar a crise. Ele está fazendo exatamente o que quelquer governo de bom senso faria se estivesse diante de uma crise tão forte como a vivida por aquele país atualmente.

    Abraços

    Francisco Castro

    ResponderExcluir
  13. É justamente com projetos assistencialista, que faz aumentar a popularidade de Lula.

    Eu gostei muito dessa medida do Obama, em aumentar os impostos, dos mais ricos. Seria uma boa ideia o Lula implantar isso no Brasil. Só falta combinar esse projeto com o pessoal de Brasília.


    Abraços!!!

    ResponderExcluir
  14. 'É justamente com projetos assistencialista, que faz aumentar a popularidade de Lula.'

    Acho também que não existe intenção nenhuma em melhorar a vida dessa população excluída da sociedade. É bom manter um punhado de ignorantes para poder manipular.
    O mundo tem colocado muito fé no Obama, o que não é ruim.. Pra História ele já entrou, vamos ver o que mais ele fará.Acho que podemos esperar grandes feitos.








    http://putoanonimo.blogspot.com

    ResponderExcluir
  15. Entendo a lógica do colega da Folha, mas... As realidades dos países em questão são totalmente distintas.

    Eu, pessoalmente, aprovo o governo Lula. E o faço em comparação com o governo anterior, fHC, e não com o do país mais rico do mundo...

    Entende?

    Abç

    * Esse é o 6º ou 7º de hj, hein! rs

    ResponderExcluir

Por favor ... deixe seu comentário.