30 de setembro de 2008

Dia da Mentira... (antes fosse!).


São Paulo, 1 de abril de 2008.

‘Puta merda, a porcaria do rádio relógio não tocou, deve ter acabado a luz durante a noite. Caralho, to super atrasado!’
Levantei num pulo e fui direto pro banheiro, arriei as calças e dei uma longa mijada que parecia não ter fim. ‘Já mijei umas 4 latas, fez até colarinho’ pensei ainda sonolento.
Escovei os dentes e invadi o quarto a procura das minhas roupas que, para minha surpresa (e desgraça) não estavam onde de costume.
‘Droga, esqueci de separar a roupa ontem!’.
Abri as portas do armário e fui pegando logo o que estava à frente, nem me preocupei com nada (mas deveria... deveria ter acendido a luz). Me senti o verdadeiro super-homem na cabine telefônica, mas estava pronto, pronto para ‘voar’ rumo ao trabalho. Meu atraso já alcançara picos! Peguei minha pasta e corri na direção da porta de entrada. Mas, ao atravessar a sala de jantar me deparei com a coisa mais ridícula que já havia visto até então, era eu, me olhando no espelho. Calça marrom coco, camisa azul calcinha, sapatos pretos e cinto... ‘Droga, esqueci a porra do cinto!’ ‘Vai sem mesmo!’
Entrei no carro e sai acelerado, implorando a todos os santos e pais de santos para que o trânsito estivesse bom. Porém, eu havia me esquecido de um pequeno, mas importante detalhe. Eu moro em São Paulo!
Logo na saída de casa, tudo parado! E por sair de casa nessa puta correria, nem café da manhã pude tomar. A fome tava estalando. O trânsito andava igual marchinha de carnaval, e eu tava no ‘olho’ do folião. Decidi então tentar um caminho alternativo, peguei a primeira saída da avenida principal e fui pelo bairro, naquelas ruazinhas que até uma 4x4 afrouxa. Eu, com meu Chevet Hatch ano 89, tração de jegue e direção braçal, seguia na maciota por àquelas ruas apertadas, tinha hora que ouvia até o assoalho gemer (o que sobrou dele), mais um pouco e virava o carro dos Flinstones.
Há propósito, além de atrasado, eu não tinha como ver as horas. Tenho o costume de tirar o relógio do pulso antes de me deitar, e adivinhem só? Ficou em casa, fazendo companhia pro cinto (que por sinal tava fazendo uma falta), pois minhas calças deslizavam para baixo e a camisa já estava metade pra fora.
Continuei meu trajeto, o ‘atalho’ estava dando frutos e, apesar das tantas adversidades, suspirei fundo e mantive a empáfia que ainda me restava. Faltava pouco! Mais uns 10 minutinhos e ‘voilà’, chegaria ao trabalho, ao bendito trabalho.
De repente, trancos e solavancos. Um forte estouro e...
Era o que eu temia, meu Chevet Hatch batera as botas!
Olhei para cima e roguei:
- Senhor, piedade...
Estava a duas quadras da empresa e não havia outra escolha a não ser ir andando. Empurrei o falecido até a faixa da direita (um motoboy ajudou) e o deixei ali mesmo.
Segui o caminho a pé! Eu e meus 1,93 de altura (parecia um boneco de Olinda), trajando aquelas vestes ridículas, com àquela calça que mais parecia ter sido cagada por alguém.
Apesar da garoa fina, apertei o passo e finalmente consegui avistar o prédio da empresa. Porém, quando achei que as coisas não poderiam ficar pior... o ditado se fez verdade: ‘Desgraça pouca é bobagem!’
A minha ‘linda’ camisa azul calcinha, de tão azul e clarinha que era ficou transparente devido àquela garoa fina (naquele baita frio) fiquei com os ‘faróis’ ligados e parcialmente desnudos da cintura pra cima.
Entrei as pressas na empresa e tomei a direção do elevador. Apertava o botão impacientemente rezando para que nenhum conhecido aparecesse naquele momento e compartilhasse da minha ruína. Mas, aquela ‘carroça’ de lata não chegava e resolvi um tanto relutante ir pelas escadas.
Ohhh cretina decisão! Havia caminhado duas quadras e minhas pernas (avariadas pela idade) já não possuem a mesma tenacidade da juventude, foi como tentar a São Silvestre sem jamais ter feito ‘Cooper’ na vida. Oito andares! Por pouco não me juntei ao falecido Chevet. Tentei chegar a minha mesa sem que ninguém me notasse (juro que tentei), mas todos os meus colegas já haviam chegado e me aguardavam para uma importante reunião com a diretoria, comunicada as pressas, da qual soube naquele momento. Quando me viram, ou melhor, quando pararam de rir, o silêncio tomou conta do local e uma voz sobressaiu ao fundo:

- Ihhh gente, chuta que é macumba...

E novamente uma série de gargalhadas ecoou pelo andar. Eu só queria cavar um buraco e me enterrar ali mesmo, mas fingi que não era comigo e fui ao banheiro em busca de um pouco de dignidade. Usei todas as folhas de papel toalha para me secar, ajeitei a camisa para dentro da calça e... Nãooooo! Só pode ser brincadeira! Um charuto de merda esmagado na sola do meu sapato esquerdo. ‘Eu devo ter sido um filho da puta em outra vida’, não conseguia pensar numa outra explicação. Como não havia mais papel toalha, a única idéia que me ocorreu foi vasculhar minha carteira em busca de cartões de visitas, daqueles feitos com cartolina. Para minha sorte (piada, né?), encontrei dois deles. Minhas duas ‘espátulas’ removedoras de merda!
Com a destreza de um confeiteiro, removi o que foi possível daquele belo bolo de merda. Saí do banheiro sorrateiramente e, como já não era sem tempo, uma boa notícia: ‘Cancelaram a reunião! Todos de volta ao trabalho’.
Aproveitei a dispersão e ligeiro fui para minha baia, contando as horas para que esse dia, que não foi de mentira, chegasse ao fim.


Por:
Rafael C. Wicher

…leia mais

29 de setembro de 2008

Opiniões sobre a Eleição Municipal de 2008



Bronca do Pedrão


Neste próximo domingo (05/10/2008) realizar-se-ão eleições municipais em todo o país. Como sou eleitor de São Paulo, tomo a liberdade de declarar que votarei na candidata Soninha (PPS) à prefeitura da cidade.
Além de ser uma candidata que foge do padrão do político profissional, tem ótimos trabalhos prestados como vereadora. Soninha divulga absolutamente tudo sobre a sua competentíssima atuação como vereadora da maior cidade da América do Sul através de um site oficial e de um blog. Além disso, ela também tem outro blog sobre assuntos diversos - e é aí que nós, internautas, podemos conhecer a inteligência e a sensibilidade desta pequena notável.
Veja abaixo a atuação da candidata à prefeitura de São Paulo como vereadora e suas outras atividades profissionais: (excertos retirados do blog do Hélio Paz, http://heliopaz.wordpress.com/2006/11/19/soninha-francine-talvez-a-melhor-vereadora-do-brasil/)
“Soninha participa de nada mais nada menos do que SEIS Conselhos Municipais: Cultura, Esporte, Meio Ambiente, GLBTT, Inclusão Digital e Acessibilidade. De maneira geral, em todos os conselhos dos quais atua ela busca oferecer leis mais democráticas e mais populares privilegiando sempre a quem mais precisa de ajuda cidadã. Esta atuação está diretamente relacionada às minorias discriminadas, à criança e ao adolescente”.
“A vereadora conta com 19 funcionários em seu gabinete. Como ela mesma diz, são todos seus amigos e conhecidos, gente batalhadora como ela, que abraça as mesmas causas. Todos estão sempre muito atentos às demandas sociais com as quais estão comprometidos. A assessoria competente é fundamental para que ela saiba sempre o que quer e, acima de tudo, o que defender, o que combater e COMO, sempre oferecendo alternativas ao debate na formulação das leis”.
“Soninha Francine, 38 anos, vem de uma família de classe média paulistana. Ela teve sua primeira filha ainda muito jovem. Hoje, tem três filhas. Tornou-se conhecida nacionalmente como apresentadora da primeira geração da MTV. Hoje, junto com a sua atividade parlamentar na Câmara Municipal de São Paulo, alterna entre uma coluna sobre futebol na Folha de São Paulo, eventuais participações nos programas da ESPN Brasil, o trabalho voluntário como professora de inglês para pessoas carentes da periferia da capital bandeirante.”
Veja também, no link abaixo, entrevista da vereadora à revista "Joyce Pascowitch” em que ela explica os motivos pelos quais saiu do PT. Vale a pena:
http://www.soninha.com.br/pivot/entry.php?id=1955&w=soninha__ultimas#body
Já para vereador, ainda não me defini. Mas provavelmente irei votar no partido, e não em um candidato específico. E meu voto será no PT. Apesar de entender que há diversos problemas no partido, como mostra a entrevista da Soninha no link acima. E explico o porque:
Entendo que os problemas existentes no PT não são privilégios só dele. Infelizmente. Afora o inchaço da máquina pública promovido pelo aumento de cargos públicos, os outros problemas me parecem comuns aos outros partidos. Porém, por outro lado, o PT, dentre os principais partidos brasileiros, é o que imprime a maior presença do Estado nos serviços básicos, como educação, saúde e transportes e na infra-estrutura. E não tenho dúvidas de que esta é a única forma de diminuirmos as tremendas desigualdades de nosso país e, assim, caminharmos em busca da justiça social.
Tanto é que a ex-prefeita Marta Suplicy foi a que mais avançou, indiscutivelmente, em minha opinião, nos quesitos educação e transporte dentre os últimos prefeitos de São Paulo. E depois de pegar uma cidade bastante endividada após duas gestões da turma de bandidos do Maluf, é bom que seja dito.
Como se vê, meu voto no provável segundo turno será na candidata Marta. O que, no entanto, não quer dizer que simpatize muito com ela. Penso que se trata de uma pessoa presunçosa e bastante destemperada (“Relaxa e goza” foi péssimo) que faz com que, aliado às práticas condenáveis do PT, cometa erros importantes. Porém, no embate entre ela e Alckmin ou Kassab, no segundo turno, penso que Marta é, seguramente, pelas características gerais acima citadas, a melhor opção.
Para finalizar, explico que vejo na candidata Soninha as principais qualidades pertencentes à candidata Marta Suplicy aliadas à ausência dos defeitos desta última supracitados. Por isso meu voto sincero, no 1º turno, é dela. E, pelos motivos citados acima, votarei no PT e não no PPS, partido da Soninha, para a Câmara dos Vereadores de São Paulo, apesar de tal decisão parecer racionalmente incongruente.

----------------------------------------------------------------------------


Gostaria de interagir com o amigo, idealizador e escritor deste blog, o Erich, acerca de uma citação sua à candidata Soninha neste blog. Vejamos:
“A candidata à prefeitura de São Paulo Soninha - não lembro o sobrenome muito menos o partido -, descobriu que o mundo é redondo e achou lindo falar para todos os amiguinhos durante entrevista para um jornal de Sampa "A maioria dos vereadores para aprovar projetos recebem propinas e favorecimentos "
Poxa vida hein Soninha ??? Precisava contar pra todo mundo? Por acaso o mensalão não era algo parecidinho com o que você falou?”
O fato, Erich, é que apesar desta ser uma verdade que muitos de nós sabemos, se trata de uma verdade velada. Ou seja, todos sabem, mas nenhum político vem a público e afirma tal coisa. Com exceção do mensalão, rola no ar aquela falsa impressão de que ninguém comete tais delitos. Tanto é que o mensalão foi o escândalo que foi, que a candidata Soninha foi severamente criticada e até ameaçada pelos seus colegas vereadores após estas declarações e, ainda, foi convidada a dar explicações à Corregedoria da Câmara Municipal. Ou seja, me parece que todos os vereadores de São Paulo ainda não descobriram que o planeta Terra é redondo. Preocupante! Seja pela burrice ou pela desfaçatez dos digníssimos vereadores.

----------------------------------------------------------------------


Tem me chamado atenção o rumo da candidatura de Geraldo Alckmin (PSDB). Isto porque os constantes ataques ao candidato Kassab (DEM, antigo PFL) só o tem prejudicado, como mostram as pesquisas recentes. Gostaria de saber quem ou quais são os “gênios” que coordenam a sua candidatura. Pois, afinal, a gestão Kassab foi iniciada pelo tucano Serra, que ficou dois anos à frente da prefeitura de São Paulo. Ou seja, os ataques ao Kassab, me pareciam um tiro no próprio pé. Fato que vem se confirmando com a queda de Alckmin nas pesquisas de intenção de voto e a conseqüente subida de Kassab. Pois, afinal, Kassab era o vice de Serra e, após assumir a prefeitura, em linhas gerais, vem seguindo os mesmos ditames de seu predecessor. E, como se sabe, o DEM tem sido o maior aliado do PSDB não só em São Paulo como a nível federal também. Ou seja, a atuação de Alckmin neste aspecto tem sido uma verdadeira lambança, a ponto de próprios setores do PSDB terem o criticado publicamente recentemente.

------------------------------------------------------------------------



Por fim, me chama a atenção, também, à curiosa atuação dos candidatos à prefeitura. Eles andam de bicicleta pela cidade, acordam às 5 da manhã para ir aos estacionamentos dos ônibus conversar com motoristas e cobradores, tomam o tradicional pingado com pão e manteiga no boteco ou padaria da esquina, almoçam em restaurantes populares, vão às feiras de rua, etc. Mas depois, sendo eleitos ou não, somem e nunca mais aparecem nestes lugares. Seria interessante, principalmente para o candidato eleito (para este eu diria que seria uma obrigação), continuar tal rotina.


Mas e a coragem?

Por:
Pedro K. Rossi

…leia mais

26 de setembro de 2008

Fácil x Difícil

Fácil é ouvir a música que toca.
Difícil é ouvir a sua consciência. Acenando o tempo todo, mostrando nossas escolhas erradas.

Fácil é dar um beijo.
Difícil é entregar a alma. Sinceramente, por inteiro.

Fácil é ver o que queremos enxergar.
Difícil é saber que nos iludimos com o que achávamos ter visto.

Fácil é sonhar todas as noites.
Difícil é lutar por um sonho.

Fácil é abraçar, apertar as mãos, beijar de olhos fechados.
Difícil é sentir a energia que é transmitida. Aquela que toma conta do corpo como uma corrente elétrica quando tocamos a pessoa certa.

Fácil é analisar a situação alheia e poder aconselhar sobre esta situação.
Difícil é vivenciar esta situação e saber o que fazer. Ou ter coragem pra fazer.

Ser feliz é agradecer a Deus a cada manhã pelo milagre da vida.




. . . . Erich . . . .

…leia mais

25 de setembro de 2008

Frases de caminhão

Quem trabalha muito, erra muito. Quem trabalha pouco, erra pouco. Quem não trabalha não erra. E quem não erra é promovido.
Putz ... difícil decisão do que fazer heim?

Um casamento vai para o brejo quando você começa a engolir tantos sapos que não sobra mais tempo para comer a perereca!
hahahahahaha ... só quem é ou foi casado vai concordar com essa!!!

Que mulher nunca comeu uma caixa de Bis por ansiedade, uma folha de alface por vaidade e um cafajeste por saudade?
Será que sou cafajeste ???

Nóis só num bebe acetona porque tira o esmalte dos dente.
Esse torce a garrafa de vodka pelo último gole.

Se tiver que casar, case com uma mulher baixa. Dos males, o menor!
Que maldade com as baixinhas ... !!

O esperma não é apenas um líquido gosmento, mas sim lágrimas de um pinto apaixonado !
Grande filósofo ... lágrimas ??? Só por Deus

Homem é como orelhão... A cidade está cheia deles... só que 75 % não funciona, e o restante está ocupado.
Mas existem excessões ... viu?

…leia mais

Lista de casamento

A velhinha, com mais de 80 anos, mas toda elétrica, entra na farmácia.
- Vocês têm analgésicos?
- Temos sim senhora.
- Vocês têm remédio contra reumatismo?
- Temos sim senhora.
- Vocês têm Viagra?
- Temos sim senhora.
- Vocês tem vaselina?
- Temos sim senhora.
- Vocês têm pomada anti-ruga?
- Temos sim senhora.
- Vocês têm gel para hemorróidas?
- Temos sim senhora.
- Vocês têm bicarbonato?
- Temos sim senhora.
- Vocês têm antidepressivos?
- Temos sim senhora.
- Vocês têm soníferos?
- Temos sim senhora.
- Vocês têm remédio para a memória?
- Temos sim senhora.
- Vocês têm fraldas para adultos?
- Temos sim senhooooora.
- Vocês têm...
- Minha senhora, aqui é uma farmácia, nós temos isso tudo. Qual é o seu problema?
- É que vou casar no fim do mês. Meu noivo tem 95 anos e nós gostaríamos de saber se podemos deixar nossa Lista de Casamento aqui com vocês ...

…leia mais

24 de setembro de 2008

Trânsito !!!

- Estou com muita fome.
- Eu tambem estou ficando com fome e o pior é que não tem nada aqui pra comer.
- Será que ainda vamos ficar muito tempo aqui ?
- Pelo jeito, sim.
- E agora?
- Tenho o telefone da pizzaria Santo Eno no meu celular.
- Será que eles entregam aqui? Estamos meio fora da área deles.
- Liga e pergunta.
- O que você vai querer?
- Pede uma individual de quatro queijos e não esquece de pedir bastante guardanapo.
- Beleza, ta chamando.
- Pizzaria Santo Eno boa noite
- Boa noite, eu queria fazer um pedido! São duas individuais, uma de quatro queijos e uma portuguesa.
- Certo, mais alguma coisa senhor?
- Manda bastante guardanapo
- Mandaremos guardanapo, o total ficou em dezessete e cinquenta, vai pagar em dinheiro?
- Sim, traga troco para vinte reais.
- Endereço ?
- Estou na marginal tiete na frente do clube espéria na faixa da esquerda em um astra prata placa XUW 5555.
- Correto senhor, vai levar aproximadamente vinte e cinco minutos.
- Sem problema, com certeza estaremos por aqui ainda.

…leia mais

23 de setembro de 2008

Amizade Colorida

Existem pessoas que são verdadeiros mestres na arte de 'criar situações', daquelas que conseguem antever a oportunidade antes mesmo dela se firmar.
Com o tempo passei a notar que esse mesmo seleto grupo de pessoas (do qual descobri sem querer fazer parte) em muitos dos casos desconhece esse seu "potencial". Mas, aqueles que o utilizam com propriedade, sabedoria, malicia e um pouco de astucia (e é ai onde quero chegar), esses sim, são aplaudíveis.
Quando garoto, lá por volta dos meus catorze anos, era quase impossível eu me aproximar de uma garota sem que ela vira-se minha 'amiguinha' nos cinco minutos seguintes, era frustrante. Naquele tempo eu não era nem de longe modelo de beleza, muito menos de físico super atraente, pra dizer a verdade, eu era mais conhecido como: 'O Gordo'. Pois saibam, tem crianças que conseguem ser mais cruéis na sua inocência do que muitos adultos tentando.
Por favor, nada de pena! Afinal, eu ainda tinha aquele monte de garotas ao meu redor, confessando-me os mais íntimos pensamentos, segredos e vontades (e só L). Imaginem vocês, por quantas não me apaixonei. No auge dos meus hormônios, espinhas e daquelas longas horas trancado no banheiro 'com dor de barriga'.
Mas, como tudo na vida tem dois lados, comigo não poderia ser diferente. Nem tudo eram flores, mas descobri que o tempo é amigo daquele que não o espera. E eu nunca esperei nada!
Aos dezesseis me "formei" em Confidencialidade, assim pudera, anos ouvindo dezenas de garotas, pra não falar dos conselhos. Por muitas vezes me senti um padre em cárcere voluntário (era cada segredo bom) ouvindo pecadoras em busca de absolvição. Guardei dos mais ingênuos, até os mais impudicos segredos, eu era a verdadeira caixa de Pandora.
Foi então que me dei conta da facilidade que eu tinha em ouvir, compreender e influenciar de certa forma através daqueles tantos conselhos, só faltava a malicia... foi como descobrir a roda. Eu ainda tinha muito que viver e muito a resgatar, então chega de perder tempo! Resolvi do dia pra noite que iria dar uma guinada na minha vida e como mágica, em apenas trinta dias, menos catorze quilos. Essa você não encontra nem na Polishop! Confesso que quase morri, mas valeu o sacrifício. Meu corpo tomou forma, deixei de ser aquele pequeno lenhador de Bonsai, e descobri até...que tinha pênis. Ufa, e foi só o primeiro passo!
Logo de cara comecei a perceber que minhas 'amiguinhas' passaram a me olhar de modo diferente e, até mesmo que eu podia ser atraente, mas dei uma de 'João sem braço' e deixei rolar.
Imagino que devam estar confusos e se perguntando:
- Mas o que isso tem a ver com aquele papo no começo sobre 'criar situações'?
Eu lhes respondo com outra pergunta:
- E como não poderia?
Mantive meu posto de confidente, mas eu havia mudado. Por mais que a mudança exterior espantasse, a maior mudança havia sido por dentro. Hoje sei que autoconfiança é trampolim para o sucesso (crer em você), seja qual for a situação.
Passei a ouvir aquelas tantas histórias e segredos de forma virginal, deixei a timidez de lado e fui pra guerra. De cara, não deixei passar uma (até canhão enfrentei), não importava se não faziam meu tipo (descobri até que tinha um 'tipo'). Também, após tantos anos de resignação, a 'nota de corte' não era das melhores.
Como uma luz a clarear minhas idéias, comecei a criar as mais variadas situações com base naquelas confissões, segredos e conselhos, e assim, passei a transformar aqueles tantos problemas na minha solução. Se antes vinham atrás de conselhos, agora o buraco era mais embaixo, literalmente...
Elas só queriam saber de me 'animar', de me por pra cima. A palavra 'delivery' ganhou um novo significado, afinal, eram elas que diziam:
- Me liga pra conversarmos, ninguém me entende como você!
Dava pra sentir o cheiro da excitação no ar, era recíproco. Agora vinham até mim em busca de colo, esperando apenas... um consolo amigo.
Jamais fui falso amigo, era o mesmo de sempre, um pouco mais atraente, um pouco mais intimo, menos inocente, mais ao pé do ouvido.
E que morda a língua quem gritou:
- Safado...
E que atire a primeira pedra quem não tem telhado de vidro. Pois, amizades assim, colorem a vida!


Crônica enviada pelo colaborador
Rafael C. Wicher

…leia mais

22 de setembro de 2008

Human Brothers, socorro já!

Toda segunda-feira é dia da Bronca do Pedrão


A semana que passou foi de extrema tensão para a economia mundial.
Isto porque a crise econômica, desta vez, atingiu o coração do sistema capitalista, Wall Street. Desde a queda da bolsa de Nova York, em 1929, que não se via uma crise econômica destas proporções no centro da economia mundial.
Porém, não menos importante foi o relatório divulgado pela FAO (Organização das Nações Unidas para a Alimentação e Agricultura), também na semana passada, sobre a situação da fome no mundo. São mais de 900 milhões de famintos!

Mas é claro que diante de uma crise econômica de proporções imensuráveis e sem paralelo recente na história mundial, o relatório da FAO sobre algo corriqueiro passou desapercebido. Talvez também passasse se o banco dos irmãos Lehman estivesse indo de vento em popa e se a maior seguradora do mundo estivesse lucrando horrores.

O fato é que a causa desta crise no mercado financeiro, que já vem se pronunciando há mais de ano, é nada mais nada menos que a irresponsabilidade de gestores de bancos de investimentos de alto risco. Inacreditável não é. E olha que tal expressão, irresponsabilidade dos administradores, foi usada de forma literal como principal causa da crise pelo representante brasileiro no FMI (Fundo Monetário Internacional), o economista Paulo Nogueira Batista, em entrevista à rádio CBN.

Pois bem, diante da bancarrota do banco dos irmãos Lehman e da quase falência da seguradora AIG (e olhem, senhores, que paradoxo, uma seguradora que na verdade... não era administrada com qualquer prudência), os bancos centrais dos EUA, da Europa, do Japão e de mais alguns países endinheirados liberaram em apenas uma semana quantias astronômicas de dinheiro. Só o governo americano está enviando ao Congresso um projeto que envolve 700 BILHÕES de dólares para socorrer as instituições financeiras em dificuldade. Se somarmos as vultuosas quantias despendidas pelos bancos centrais acima citados, ultrapassamos facilmente o inimaginável valor de 1 trilhão de dólares para salvar o mundo da crise econômica.

Mas e para salvarmos o mundo da fome? Que assola mais de 900 milhões de pessoas, o equivalente a quase 5 Brasis, e que não é fruto da irresponsabilidade dos famintos e sim do perverso sistema econômico vigente que passa por tal crise. Quanto custaria? Trilhões e trilhões de dólares? A resposta, que se encontra no relatório da FAO, é que se precisaria investir 30 bilhões de dólares por ano para duplicar a produção de alimentos e acabar com a fome.

Entretanto, da mesma forma que seria mais um ato de irresponsabilidade os governos não intervirem na crise econômica vigente, não resolver o problema da fome no mundo mediante tal comparação de valores apresentados é vergonhoso. Tal problema só não é resolvido pois as pessoas que poderiam resolve-lo, com certeza, nunca passaram fome de verdade.
É claro que o plano de salvação do mercado financeiro lançado pelos principais bancos centrais (instituições estatais) do mundo tem toda importância. E por causa disso, também, fica claro, ou melhor, cristalino que o todo o sistema financeiro mundial deve ser submetido a uma forte regulação estatal. Afinal, gostaria de ouvir, neste momento, algum sereno e ferrenho defensor do neoliberalismo que o correto seria deixar o mercado resolver seus problemas por si só, nem que isto custasse, como era iminente alguns dias atrás, a quebradeira de diversos bancos e até da maior seguradora do mundo.

A verdade é que sempre sobra para os Human Brothers tais crises deste mundo perverso em que vivemos. Afinal são nossos Human Brothers que passam fome, algo terrível que, felizmente, nem sei o que é. E, dessa forma, são eles os maiores necessitados. Pois, como sabemos, os Lehman Brothers, Morgan Stanley Brothers e semelhantes, apesar de toda crise, estão com a barriga e a conta bancária bem recheada.

--------------------------------------------------------------------------------


Notinhas



Eu gostaria de saber a situação econômica atual dos tais administradores irresponsáveis das instituições financeiras que passam extremas dificuldades.

Só por curiosidade.

*********************


No site do banco de investimentos Lehman Brothers, que pediu concordata na semana que passou, há uma sessão intitulada “Carreiras no Lehman”, que relata as carreiras, a vida, as oportunidades e como é trabalhar no Lehman Brothers.

Quem se habilita?


********************


“O secretário do Tesouro americano também disse que os Estados Unidos estão pressionando outros países para criar planos semelhantes de socorro às instituições financeiras.”

fonte: uol economia

Muitos países subdesenvolvidos, como o Brasil, também já fizeram o mesmo pedido, porém visando o socorro da miséria nos países pobres. A resposta dos países ricos, em especial dos EUA, é um polido, educado e gentil NÃO.

Obs: reconheço, entretanto, que tal pedido visa proteger instituições financeiras de todo mundo, não só as americanas.


****************************

“É o socialismo das perdas na terra do capitalismo.”

Brilhante frase do jornalista André Kfouri, acerca da crise econômica atual, em seu blog.

…leia mais

21 de setembro de 2008

Cigarro pode causar zumbidos

Pesquisa da Unifesp (Universidade Federal de São Paulo) acaba de atribuir outro mal à extensa lista de problemas causados pelo cigarro: problemas auditivos. Quem fuma, segundo estudo com
144 voluntários, tem até quatro vezes mais chances de desenvolver distúrbios como zumbidos no ouvido – um sinal de lesão no aparelho auditivo. Além disso, a audiometria de 14% dos fumantes
investigados apontou problemas, contra apenas 3% dos voluntários saudáveis. Acredita-se que as falhas ocorrem porque o cigarro dificulta a oxigenação do aparelho auditivo.

Fonte : Jornal Metro

…leia mais

19 de setembro de 2008

Notícias inúteis

1. Um estudo que abrangeu cerca de 200 mil avestruzes durante mais de 80 anos, nao registou um único caso em que um avestruz fosse vist0 com a cabeca enfiada na areia.
- 200 mil avestruzes por 80 anos...esse estudo foi feito onde pra caber tudo isso de avestruz? Sorte a nossa que não corremos o risco de ir pra praia e ter uma família feliz de avestruzes com a cabeça enterrada na areia bem do nosso lado.


2. Mais de 50% das pessoas, no mundo inteiro, nunca fizeram nem receberam chamadas telefônicas.
- Que povo feliz ... não recebe ligação de operadora de telemarketing oferecedo seguro de vida domingo de manhã


3. 23% das avarias em fotocopiadoras, em nivel mundial, são causadas por pessoas que se sentam no aparelho para fotocopiarem a bunda
- Agora, fala sério, copiar a bunda pra que Jesus Amado???

…leia mais

18 de setembro de 2008

Língua Portuguesa

Vamos testar os conhecimentos de língua Portuguesa ??
Na frase abaixo deverão ser colocados 1 ponto e 2 vírgulas para que a frase tenha sentido.
PENSE antes de ver a resposta



MARIA TOMA BANHO PORQUE SUA MÃE DISSE ELA PEGUE A TOALHA.






RESPOSTA:
Maria toma banho porque sua. Mãe, disse ela, pegue a toalha.


Tinha conseguido ??? eu não !!
A 'pegadinha' está no fato do uso do verbo suar, confundindo com opronome possessivo (sua, dela) . . . essa nossa língua Portuguesa é fogo.

…leia mais

17 de setembro de 2008

Homem de 30.

- Cade o manual de instruções?
- Do que amor?
- De como cuidar da casa ??
- Não existe manual de como cuidar da casa.
- Manhêêêêêêêêê !!!







Tira feita por Cibele Santos publicada no jornal Metro diariamente.

…leia mais

15 de setembro de 2008

Previsões e diagnósticos econômicos???


Toda segunda-feira é dia da bronca do PEDRÃO


Meus conhecimentos sobre economia são bastante pequenos. Talvez até esteja sendo um tanto pretensioso ao dizer que tenho algum conhecimento. Entretanto, resolvi me arriscar neste tema pois penso que os próprios “especialistas”, muitas vezes, não entendem muito do assunto.
Pois bem, no mundo capitalista em que vivemos, o assunto economia é sempre prioridade. Seja no âmbito público ou privado. Afinal, consumo e poder econômico são, infelizmente, extremamente valorizados. Assim como o ministro da fazenda e o presidente do Banco Central, que tratam das políticas econômicas do país. Um outro bom exemplo do quão importante é a economia é o espaço dedicado a ela nos jornais. Há cadernos específicos só para o tema. O que faz com que a economia seja extensamente debatida cotidianamente.
Talvez estivesse na hora de termos um caderno só de educação e inclusão social. Ou de bem estar social. Ou sabermos quem é o ministro da educação, da saúde...
Deixando os devaneios acima de lado, volto ao tema abordado. E o que me chama a atenção são os diversos comentários e diagnósticos de economistas respeitados, pertencentes às mais diferentes escolas (vertentes) econômicas, de grandes empresários (leia-se poderosos empresários) e de políticos.
O fato é que tais figuras sempre estão presentes na mídia para dar seus pitacos sobre os rumos econômicos do país e, não raramente, divergem entre si fazendo as previsões pessimistas e, quase sempre, ... acontece tudo diferente do que foi dito ou não acontece nada daquilo que foi previsto.
Penso que se a economia tem muitas variantes e, assim, é muito complexa a ponto de análises econômicas serem bastante delicadas e facilmente sujeitas a alterações, estes ditos “especialistas” deveriam falar menos.
Deveria haver mais espaço para outros assuntos tão ou mais importantes como saúde, educação, qualidade de vida, bem estar social, inclusão social, justiça social.
Afinal, fico com a brilhante análise do jornalista Clóvis Rossi em uma de suas colunas na folha de São Paulo. Diante da declaração de uma das maiores empresas de consultoria americana do ramo econômico de que não era possível fazer previsões para dali 3 ou 4 meses, o aludido jornalista fez a seguinte observação: “Se não é possível fazer tais previsões, então que tipo de serviço estas empresas de consultoria prestam?”.
Texto enviado pelo colaborador
Pedro Kilikian Rossi

…leia mais

12 de setembro de 2008

Sessentão sensual

Como tenho algumas horas livres de madrugada e estou precisando ganhar uns extras, resolvi ser, também, um 'velhinho de programa'.
Meu primeiro anúncio ficou assim :

Sou um Sessentão charmoso, com lindos olhos meio verdes (cobertos com início de catarata), loiro (só dos lados), Atlético (sou torcedor), corpo malhado (pelo Vitiligo), e sarado (das doenças que já tive), um metro e noventa (sendo mais ou menos um de altura e noventa de largura).

Atendo em motéis, residências, elevadores panorâmicos, etc..
Só não atendo em 'drive-in' por causa das dores na coluna.


Alegro festa de Bodas de Ouro, convenções e excursões da terceira Idade.
Meço pressão, aplico injeções e troco fraldas geriátricas, tudo com o maior charme.
Atendo no atacado e no varejo. Traga suas amigas. Serão concedidos descontos para grupos: quanto mais nova, maior o desconto.


Por questões de vaidade, não serão permitidas filmagens, pois, no momento, estou precisando operar uma hérnia inguinal, meio anti-estética.

Na cama, dou sempre 03 opções sexuais para a parceira: mole, dobrado ou enroladinho.

Como fetiche, posso usar touca de lã, pantufas e cachecóis coloridos.
Outra vantagem: Já tenho 'Parkinson' o que ajuda muito nas preliminares.
Total discrição, pois o 'Alzheimer' me faz esquecer tudo que fiz na noite anterior !!!!


Recebi pela internet - autor desconhecido
.
.
Vejam no post abaixo selo de reconhecimento recebido.

…leia mais

Selo Prêmio Dardos

Recebi o selo do prêmio Dardos da Alcione blog Sarapatel de coruja e fiquei muito feliz, pois gosto de ler e acompanhar o blog e receber um selo dela é uma honra.





Este selo possui algumas regras:
1. Aceitar exibir a imagem do selo no seu blog e cumprir as regras.

2. “Linkar” o blog do qual recebeu o prêmio.

3. Escolher 15 blogs para entregar o prêmio.

Pois é, 15 blogs! Vamos lá, então:



Cansei do Interior

Responsa Blog

Inutilidades

Pensamento Involuntário

Blog do Rubinho

Por onde andei

Ana Lucia Nicolau

Ellen Regina

Reflexos das minhas reflexões

Karapintada

Musikaholic

Trilha sonora de filmes

The lunatic is in my head

Respostas nunca perguntadas

Um tal de HaG

…leia mais

11 de setembro de 2008

Eleições 2008

E deu na última edição da revista veja especial dos 40 anos :

" No Brasil é assim: quando um pobre rouba, vai para a cadeia, mas quando um rico rouba ele vira ministro."
Frase dita pelo nosso querido presidente Lula em 1988...será que ele ja estava nos preparando desde 88 e nós não percebemos ???

Complementando a frase acima, Jô Soares mandou bem em 1995 dizendo :
" A corrupção não é invenção brasileira, mas a impunidade é uma coisa muito nossa"




2008, eleições se aproximando, votar em quem ? Vereador é tão inútil que depois de 6 meses da eleição você já não lembra em quem votou.

A candidata a prefeitura de São Paulo Soninha "não lembro o sobrenome muito menos o partido", descobriu que o mundo é redondo e achou lindo falar para todos os amiguinhos durante entrevista para um jornal de Sampa.
"A maioria dos vereadores para aprovar projetos recebem propinas e favorecimentos "
Poxa vida heim Soninha ??? precisava contar pra todo mundo? Por acaso o mensalão não era algo parecidinho com o que você falou?

É só comédia....se somar os kilometros de metrô que os candidatos estão prometendo fazer caso sejam eleitos daria pra ir de São Paulo a Recife.

Eu queria conhecer o locutor que no final da propaganda de 15 ou 30 segundos nas rádios fala os partidos da coligação ... é tão rápido, mas tão rápido que é impossível de entender ... esse locutor ja deve ter mordido a língua !!!!


. . . . Erich . . . .

…leia mais

10 de setembro de 2008

Bons tempos aqueles...

Meu pai às vezes me dizia:
- "No meu tempo se pegava gonorréia, mas era só ir ao posto médico e tomar uma injeção de Tetrex. Aquilo curava até viadagem!"
De lá pra cá, mais de trinta anos se passaram e muita coisa obviamente mudou, inclusive as doenças, as drogas e o respeito. As doenças cada vez mais incuráveis, as drogas cada vez mais sintéticas, e o respeito caindo em desuso. O mundo caminha a passos tão largos que, volta e meia tropeça em si mesmo, e o tombo é coletivo.
Confesso que chego a sentir inveja daqueles tais "Embalos de Sábado a Noite." Consegue se imaginar andando sozinho a noite, em pleno centro velho de São Paulo por volta de umas 03:30 da madrugada sem ter que se preocupar em chegar vivo em casa? Eu não! O pior é que geralmente nós, jovens, temos o habito de ridicularizar a época de nossos pais, criticando as roupas que vestiam, as musicas que escutavam e até mesmo os seus penteados. Até hoje não conheci uma só pessoa na casa dos 40 a 50 anos de idade que não sinta saudades daquele tempo, que não se recorde com carinho e brilho nos olhos ao devanear sobre os bons e velhos bailes, do ritmo a lá rei Roberto Carlos, e até mesmo das rapidinhas sem camisinha no banco de trás do carro.
É meus amigos, AIDS há 30 anos era novidade, e pensar que pra geração de hoje, nossa geração, é a mais triste realidade. Não quero aqui fazer apologia, muito menos censurar o progresso, mas convenhamos e aceitemos os fatos de que, em paralelo a tantos progressos também obtivemos muitos regressos, em sua maioria, referentes à moral e aos bons costumes que, deles muito pouco se vê hoje em dia.
Se preciso fosse definir o mundo de hoje numa só palavra, acho seria algo como "Desordenado", e é por isso que eu digo e repito:
- Bons tempos aqueles...
Texto enviado pelo colaborador
Rafael C. Wicher

…leia mais

9 de setembro de 2008

Frases inteligentess !!

'Não almoçei pensando em você,
não jantei pensando em você,
agora não consigo dormir
. . . . . estou com fome!!!!"



"Às vezes é melhor ficar quieto, sem abrir a boca pra nada.
Deixe que pensem que você é um idiota.
Acredite, é muito melhor do que abrir a boca e não deixar nenhuma dúvida"



"Devido à velocidade da luz ser superior à do som,
algumas pessoas parecem inteligentes até as ouvirmos."

…leia mais

8 de setembro de 2008

Quanto Absurdo!!!


Toda segunda-feira é dia da Bronca do Pedrão



A candidata à prefeitura de Campos dos Goytacazes (RJ) pelo PMDB, Rosinha Garotinho (que nome horrível!), não quer mais o sobrenome Garotinho no registro de sua candidatura. Nem comentarei o motivo alegado por ela, pois é esdrúxulo.
A verdade é que o marido, Anthony Garotinho, tem uma forte rejeição do eleitorado da cidade, berço político da família Garotinho outrora e que agora descobriu os verdadeiros picaretas que eles são.
É curioso lembrar, porém, que quando foi eleita governadora do Rio de Janeiro, Rosinha não só usou o nome e a imagem de seu marido nas eleições como também divulgou diversas fotos com toda a família reunida.


***********************


O candidato a vereador Luciano Enéas Martines Nantes Soares (PTN), se apresenta como filho do falecido político Enéas Carneiro, do Prona. Além, também, de usar o mesmo bordão, os óculos e a barba do falecido político. O “pequeno detalhe” está no fato do mesmo não ter qualquer parentesco com o Enéas “pai”. O palhaço, aliás, não possui o nome Enéas na certidão de nascimento. Já na identidade apresentada à sua zona eleitoral, consta o nome Enéas.
A família do Enéas original acusa, com toda razão possível, que o Enéas genérico está praticando Estelionato Eleitoral.



**********************


O tresloucado cafetão Oscar Maroni, candidato a prefeitura (acredite se quiser, caro leitor) da cidade de São Paulo pelo PT do B, fez campanha por votos na região do viaduto do Chá acompanhado por duas mulheres vestidas de biquíni.
Vejam o que o “iluminado” dizia às pessoas no intuito de angariar votos:
“Vejam a vontade. Não precisa pagar. Elas estão aqui recebendo R$100,00 para fazer a minha campanha”.



****************************


Mudando de área, da política para a esportiva, vale ressaltar a declaração do jogador Robinho que disse que preferiria vender pastel no mercado a ter de continuar jogando no Real Madrid. A sua justificativa é que a equipe espanhola queria usa-lo como moeda de troca para adquirir o jogador português Cristiano Ronaldo.
Como se sabe, nesta semana que passou o jogador Robinho conseguiu mudar de equipe após muito pressionar o Real Madrid à vende-lo.
Só há, porém, um pequeno detalhe que o moleque Robinho não deve ter percebido, ou lembrado é que ele tinha um contrato de trabalho milionário vigendo com o Real Madrid e como tal, devia cumpri-lo. Afinal, na hora do bem bom, de assinar um contrato destes, é só alegria diante da garantia de milhões e milhões que irão jorrar nas suas mãos. Mas logo que surge uma dificuldade ou uma adversidade, faz se de tudo para rapidamente não ter de cumprir o contrato. Sempre sem ter qualquer prejuízo financeiro, até porque provavelmente há outro contrato milionário à espera.
Texto enviado pelo colaborador
Pedro Kilikian Rossi

…leia mais

5 de setembro de 2008

Frases famosas !!!

"Sozinho, um homem não é nada... nem corno!!!"*
(o autor não assinou a frase)

"A minha esposa tem um bom físico."
(Albert Einstein)

"Nunca pude estudar Direito."
(O Corcunda de Notre dame)

"O automóvel nunca substituirá o cavalo."
(A égua)

"Disseram-me para jogar junto à linha branca."
(Diego Maradona)

"Tenho um nó na garganta."
(Tiradentes)

"Chega de humor negro!" (Ku Klux Klan)

"És a única mulher da minha vida."
(Adão)

"O evento foi um verdadeiro estouro."
(Bin Laden)

"Não costumo ler os contratos dos meu shows"
(Steve Wonder)

"Gostaríamos de alugar um apartamento, mas no térreo"
(casal Nardoni)

…leia mais

4 de setembro de 2008

Morando sózinho

Morar sózinho é uma arte ... aprendi algumas coisas interessantes que relato a seguir :

1- O lençol da cama TEM que ser trocado de vez em quando assim como a fronha do travesseiro;

2 - Papel higiênico não brota do ralo do banheiro, você tem que comprar as vezes;

3 - Se não tirar o lixo da cozinha todo dia com certeza sua casa vai feder;

4 - Estenda a toalha direito depois de usar para não ter que se secar em toalha molhada no próximo banho;

5 - Antes de comer algo que você comprou ja a algum tempo, não custa dar uma olhadinha na validade, acredite, o tempo passa muito rápido para essas coisas;

6 - Misturou camiseta preta com roupa branca na máquina de lavar ? Perdeu a branca;

7 - Por mais que sua empregada se esforce muito, vai ser difícil ela escrever o nome correto dos produtos de limpeza e acredite, vai ser muito pior pra você procurar nas prateleiras...;

8 - Suas janelas não tem o poder de prever o tempo e se fechar quando começar a chover, então, feche antes de sair;

9 - Cuidado com a empolgação no mercado, uma dúzia de bananas, um pacote de maçãs, um de laranja, uma caixa de mamão e meia melancia é muita fruta;

10 - "Estou sózinho mesmo, vou andar peladão" ... saiba que você tem janelas bem grandes, então, não pague mico.

…leia mais

2 de setembro de 2008

Você já entrou numa academia?

Você já entrou numa academia?

De uma academia pra outra, só muda o endereço e o preço, por que o povo é sempre o mesmo. Todo mundo em forma, sarado. Bem, nem todos, mas esse é o objetivo.
Engraçado mesmo é ver o povo se olhando, se admirando naqueles longos espelhos...apaixonados por si mesmos.
Pra não falar daqueles famosos "boladões", sempre fortes e inchados, másculos (alguns duvidosos...rs)
Às vezes me pergunto: "Como será que eles alcançam o próprio traseiro?", confesso que espero nunca precisar fazer tal descoberta.

Um ponto interessante de freqüentar uma academia, e essa dica serve principalmente para os solteirões de plantão, é que é um ótimo lugar para se relacionar, conhecer pessoas e trocar idéias.
A azaração come solta! Mas não vá você pensando que é a maior zona, por que realmente não é. A paquera é muito discreta, tímida, chega a passar despercebida. Mas com o tempo você acaba descobrindo que fulano já pegou beltrana, e por ai vai.

Para quem busca contatos profissionais, se matricular numa "boa" academia pode ser uma boa pedida. Geralmente academias grandes, famosas, com preços mais salgados, detêm um publico mais seleto, elitizado, de maior poder aquisitivo, comumente empresários, executivos e investidores.
O famoso "Network" se estabelece muito mais facilmente num ambiente não profissional, de descontração, e as oportunidades podem ser as mais diversas.

Eu particularmente adoro treinar! Me ajuda a aliviar as tensões ao final do dia, ficar em forma e ter uma vida mais saudável, além de fazer amigos, sociabilizar e me divertir muito esquecendo as preocupações mundanas.

Aconselho a todos que nunca tiveram a oportunidade, a irem até uma academia próxima a sua casa ou ao seu trabalho, e que façam pelo menos três semanas como período de experiência e adaptação, pois nesse tempo acredito que descobrirão se é uma atividade que lhes dará prazer ou apenas os deixaram cheios de dores.

Existem algumas pessoas que realmente não gostam, não suportam, e não podem se quer ouvir falar em academia ou exercícios físicos, que só de pensar nessa possibilidade já sentem fraqueza nas pernas e cólicas intestinais, pra esse povo eu só tenho a dizer: "Cuidem da sua saúde e busquem uma vida de hábitos saudáveis."

Texto enviado pelo colaborador
Rafael C. Wicher

…leia mais

1 de setembro de 2008

Petróleo e Educação, tudo a ver!

Toda segunda-feira é dia da Bronca do Pedrão


Como sabemos, a educação pública no Brasil, da pré-escola ao ensino médio, é bastante precária.
O fato é que sem educação básica (da pré-escola ao ensino médio) de qualidade, e para todos, nunca nos tornaremos um país socialmente justo.
Este é o momento mais importante da formação de uma pessoa. Se, em uma situação hipotética, eu estivesse diante da seguinte decisão: escolher pela matrícula de meu filho em um bom colégio, da pré-escola ao ensino médio, sem direito a cursar uma faculdade ou passar seus primeiros 17 anos de vida em um colégio ruim e depois ter o ingresso garantido na melhor faculdade do país, eu seguramente decidiria pela 1º opção.
Isto porque, como diz o Erich Pontoldio, a criança é como uma esponja, ou seja, absorve tudo que lhe é oferecido e com muita facilidade. E é nesta fase da vida que o indivíduo se forma como pessoa e constitui seus valores éticos e morais que irão lhe possibilitar exercer a cidadania plena futuramente.
Um bom aproveitamento de um curso superior e o sucesso profissional são conseqüências daquilo e, ressalte-se, o sucesso profissional é muito importante para qualquer pessoa. Porém, não mais importante que sua integridade moral.
Pois bem, a universalização da educação de base está bem encaminhada. Neste ponto devemos reconhecer as importantes ações do governo FHC, com o FUNDEF, e do governo Lula, com o FUNDEB, que tornou a pré-escola um dever do Estado e, conseqüentemente, um direito de todas as crianças brasileiras.
Entretanto, a baixa qualidade do ensino público básico é, com o perdão da repetição, público e notório.
Para que se possa mudar este cenário, elevando a qualidade da educação pública a níveis dignos, é necessário investimentos maciços e estáveis à educação. A princípio, o pontapé inicial foi dado com o Plano de Desenvolvimento da Educação idealizado e concretizado pelo ministro da educação Fernando Haddad. Mas o próprio ministro reconhece, em texto publicado no quadro Tendências e Debates da Folha de S. Paulo do dia 31/08/08, que ainda falta muito e que o país tem uma oportunidade única nas mãos com o potencial petroleiro que aparentemente se cristaliza com as recentes descobertas de um novo manancial de petróleo em águas ultraprofundas.
Sendo assim, urge a criação de um Fundo Soberano Nacional, como diversas nações com abundância de riquezas nacionais possuem, baseado nos royalties do petróleo e destinado à educação. A meu juízo, com predominância à educação básica.
Que este bilhete premiado, como diz o editorial da Folha de S. Paulo de 31/08/08, não seja desperdiçado por pessoas mal preparadas e seja revertido ao povo brasileiro.
Do ministro da educação, apesar do pouco contato que tive como aluno, ouso dizer que o bilhete está em boas mãos.
Já quanto ao Presidente da República, tanto podemos esperar surpresas agradáveis como desagradáveis.
Esperamos, assim, que confirme o que vem dizendo ultimamente e que continue tratando a educação com o devido respeito que merece como quando resistiu a fortes pressões internas de seu partido e manteve o ministro Haddad à frente da pasta da educação em detrimento à Marta Suplicy.
Texto enviado pelo colaborador
Pedro Kilikian Rossi

…leia mais