11 de dezembro de 2008

Origem de alguns ditados populares - parte II

RASGAR SEDA: A expressão que é utilizada quando alguém elogia grandemente outra pessoa,surgiu através da peça de teatro do teatrólogo Luís Carlos Martins Pena. Napeça, um vendedor de tecidos usa o pretexto de sua profissão para cortejaruma moça e começa a elogiar exageradamente sua beleza, até que a moçapercebe a intenção do rapaz e diz: "Não rasgue a seda, que se esfiapa."

O PIOR CEGO É O QUE NÃO QUER VER: Em 1647, em Nimes, na França, na universidade local, o doutor Vicent de Paul D`Argenrt fez o primeiro transplante de córnea em um aldeão de nome Angel. Foi um sucesso da medicina da época, menos para Angel, que assim que passou a enxergar ficou horrorizado com o mundo que via. Disse que o mundo que ele imagina era muito melhor. Pediu ao cirurgião que arrancasse seus olhos. O caso foi acabar no tribunal de Paris e no Vaticano. Angel ganhou a causa e entrou para a história como o cego que não quis ver.

ANDA À TOA: Toa é a corda com que uma embarcação reboca a outra. Um navio que está à toa é o que não tem leme nem rumo, indo para onde o navio que o rebocadeterminar.

QUEM NÃO TEM CÃO CAÇA COM GATO: Na verdade, a expressão, com o passar dos anos, se adulterou. Inicialmentese dizia quem não tem cão caça como gato, ou seja, se Esgueirando,astutamente, traiçoeiramente, como fazem os gatos.

DA PÁ VIRADA: Mas a origem da palavra é em relação ao instrumento, a pá. Quando a pá estávirada para baixo, voltada para o solo, está inútil, abandonadadecorrentemente pelo homem vagabundo, irresponsável, parasita.

NHENHENHÉM: Nheë, em tupi, quer dizer falar. Quando os portugueses chegaram ao Brasil,eles não entendiam aquela falação estranha e diziam que os portuguesesficavam a dizer "nhen-nhen-nhen".

VAI TOMAR BANHO: Em "Casa Grande & Senzala", Gilberto Freyre analisa os hábitos de higienedos índios versus os do colonizador português. Depois das Cruzadas, comocorolário dos contatos comerciais, o europeu se contagiou de sífilis e deoutras doenças transmissíveis e desenvolveu medo ao banho e horror à nudez,o que muito agradou à Igreja. Ora, o índio não conhecia a sífilis e selavava da cabeça aos pés nos banhos de rio, além de usar folhas de árvorepara limpar os bebês e lavar no rio as redes nas quais dormiam. Ora, ocheiro exalado pelo corpo dos portugueses, abafado em roupas que não eramtrocadas com freqüência e raramente lavadas, aliado à falta de banho,causava repugnância aos índios. Então os índios, quando estavam fartos dereceber ordens dos portugueses, mandavam que fossem "tomar banho".

ELES QUE SÃO BRANCOS QUE SE ENTENDAM: Esta foi das primeiras punições impostas aos racistas, ainda no séculoXVIII. Um mulato, capitão de regimento, teve uma discussão com um de seuscomandados e queixou-se a seu superior, um oficial português. O capitãoreivindicava a punição do soldado que o desrespeitara. Como resposta, ouviudo português a seguinte frase: "Vocês que são pardos, que se entendam". Ooficial ficou indignado e recorreu à instância superior, na pessoa de domLuís de Vasconcelos (1742-1807), 12° vice-rei do Brasil. Ao tomarconhecimento dos fatos, dom Luís mandou prender o oficial português queestranhou a atitude do vice-rei. Mas, dom Luís se explicou: Nós somosbrancos, cá nos entendemos.

A DAR COM O PAU: O substantivo "pau" figura em várias expressões brasileiras. Esta expressãoteve origem nos navios negreiros. Os negros capturados preferiam morrerdurante a travessia e, para isso, deixavam de comer. Então, criou-se o "paude comer" que era atravessado na boca dos escravos e os marinheiros jogavamsapa e angu para o estômago dos infelizes, a dar com o pau. O povoincorporou a expressão.

ÁGUA MOLE EM PEDRA DURA, TANTO BATE ATÉ QUE FURA: Um de seus primeiros registros literário foi feito pelo escritor latinoOvídio (43 a.C.-18 d.C), autor de célebres livros como A arte de amar eMetamorfoses, que foi exilado sem que soubesse o motivo. Escreveu o poeta:"A água mole cava a pedra dura". É tradição das culturas dos países em quea escrita não é muito difundida formar rimas nesse tipo de frase para quesua memorização seja facilitada. Foi o que fizeram com o provérbio portugueses e brasileiros


Recebido por e-mail
Por : Erich

16 comentários:

  1. Massa, Onde judas perdeu as botas HAuhauahua ...

    ResponderExcluir
  2. Que compilação engraçada!

    http://bsalgada.blogspot.com/2008/12/bala-salgada-vai-responder-qualquer.html

    ResponderExcluir
  3. Muito legal...
    Os ditados populares muitas vezes surgem de pessoas tão comuns como vc e eu, e que sem querer acaba virada mania entre um comunidade, depois entre uma cidade... e vai crescendo até se espalhar pelo mundo.

    http://arvoreando.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  4. achei a origem de "nhem nhem nhem" a mais interessante, realmente achei que era só uma onomatopéia para quem fica de conversa fiada. Aliás, de onde saiu a expressão "conversa fiada"?

    ResponderExcluir
  5. legal... pior que esses termos do populaxo não perdem seu vigor.. naum perdem para o tempo, como nós que envelhecemos... os ditados não! eles são reeditados, recontados, repostos... mas nunca esquecidos!!
    muito bom ambos os textos(parte 1 e 2) estão de parabenS!!

    ResponderExcluir
  6. Excelente!!
    Tantos termos que falamos e nem percebemos quanto tempo eles levaram para amadurecer e chegar ao que são hoje!

    ResponderExcluir
  7. boa!!

    HAUshUAHSuHAsUAS

    mt bem explicado.

    ResponderExcluir
  8. mais uma nota dez. www


    www.blgodaincerteza.blogspot.com

    ResponderExcluir
  9. Blog extremamente interessante. Parabéns!

    Visite o novo blog SEMPRE EM TRÂNSITO:

    ( http://sempreemtransito.blogspot.com/ )

    ResponderExcluir
  10. Muito legal, Erich. A maioria eu não conhecia o significado. Adorei saber. Beijos...

    ResponderExcluir
  11. Muito legal, Erich. A maioria eu não conhecia o significado. Adorei saber. Beijos...

    ResponderExcluir
  12. uhasuahuahs muito legal, e curioso! a gente usa tanto esses ditados e não sabe de onde eles são, o melhor é que eles são criados por pessoas normais sabe? não por algum genio com humor ou sei lá o quê!



    www.alto-qi.blogspot.com

    ResponderExcluir
  13. O engraçado como tem alguns ditados que são tão regionais que aqui mesmo em Minas nunca ouvi falar...hehehe. Gostei da seleção!

    Abraço,

    =]

    -------------------
    http://cafecomnoticias.blogspot.com

    ResponderExcluir
  14. Erich,é muito curioso.O mais interessante é que a gente os usa e nem sabe o sentido,mas agora com seu post acabei de aprender.
    Bjos

    ResponderExcluir

Por favor ... deixe seu comentário.