25 de novembro de 2008

Quando foi a última vez?

Não existe uma melhor idade, acredito que sempre é tempo de se realizar. Basta que olhemos além daquilo que foi deixado e nos confrontemos com um amargo sentimento de culpa.
Agora lhes pergunto:

- Quando foi a última vez, que realizaram algo pela primeira vez?

Se, notória e diariamente atrasamos nosso presente, enganando a nós mesmos da pior forma possível, da forma consciente!

E vos inquiro ainda mais:

- Quando foi a última vez, que buscaram auto-satisfação?

Naquele egoísmo saudável. Concretizando planos, de um ontem qualquer.

Por isso peço-lhes, que reflitam sobre os vossos anseios, para que percebam o quão assombroso é, o tão pouco que desfrutamos.

E assim vejam, a incessante culpa que conferimos ao pobre e inocente tempo. Que, diante de nossas quimeras, só deveras culpado é, por não ser mais lento.


Por : Rafael C. Wicher

35 comentários:

  1. Este texto é a atual realidade... As pessoas estão muito preocupadas com o comodismo, com o estresse do dia-a-dia. A gente que que viver, aproveitar, fazer coisas novas, estar sempre aprendendo o novo! bjos

    ResponderExcluir
  2. hummm vou pensar........ahhhh

    Pela primeira vez na vida estou com váááários boletos vencidos..... ISSO CONTA?
    hahaha

    otimo texto

    abç
    Tio Mau

    ResponderExcluir
  3. Eu ultimamente tenho feito coisas que antes eu não fazia e tem sido muito bom. Perdi o medo e aprendi a andar de bicicleta, comecei a fazer academia, passei a lutar mais pelas coisas que eu queria.

    Eu tive uma fase assim, que ficava culpando o tempo. Mas a culpa na verdade era minha.

    Muito bom o post! =)

    Beeeeeeeeijos

    ResponderExcluir
  4. É temoss que não lembrar da ultima vez e sim pensar na proxima vez e faze-la...

    a vida é curta e passa MUITO rapido...


    abraçossss

    ResponderExcluir
  5. Bom dia!

    Que postagem maravilhosa, hein?

    É uma boa sacudida em todos os acomodados que só reclamam, mas
    não correm atrás para buscar e
    concretizar seus sonhos e anseios!

    O blog de vcs está cada vez melhor!

    Bjoks!


    http://garotapendurada.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  6. poucos e anos 30 [2]
    basicamente é isso, a época de fazer coisas novas já se passou, agora a busca é para melhorar aquilo já feito

    ResponderExcluir
  7. Acho que nunca vai hora de não fazer coisas novas
    Pensar sobre o mundo, sobre a vida e mudar é pensar algo novo..
    Ter um segundo filho é algo novo...

    O aprendizado é eterno e são nossos olhos que fazem isso ser algo novo!

    ResponderExcluir
  8. Adorei o post .. temos que pensar em evoluir sempre .. parar nunca .. sempre na busca do novo .. de conquistas .. isso é a vida... pra mim .. rsrs

    Bjs ..

    ResponderExcluir
  9. Parabens pelo post e pelo blog tambe, é de muito bom gosto

    ResponderExcluir
  10. ah tempo..
    e é tudo verdade...
    junta a rapidez dele e nossa pacatisse..
    e lá na frente a gente vai reclamar de tudo!
    Levanta, sacode a poeira.. e VAI!

    ResponderExcluir
  11. Sinto uma certa conexão com o post de hoje....pensar no futuro??? É oq eu mais faço, deixa-me refrescar a memoria
    Prestações do apartamento
    consorcio do carro
    terminar a faculdade(nao pública) so em 2010

    É.....eu penso no futuro....rsrs


    Abraços meu querido....perdão pela brincadeira, mas nao deixando de lembrar que sao investimentos ,principalmente estudos

    ResponderExcluir
  12. Em penso diariamente no meu futuro... porisso trabalho das 9 as 22h todo dia...
    O meu pecado as vezes é deixar um pouco o presente de lado, mas logo eu corrijo isso aí!

    ResponderExcluir
  13. sabe, todos os dias realizo alguma coisa pela primeira vez.
    na verdade, à noite, quando vou dormir penso no que gostaria ter feito naquele dia e não fiz e coloco como meta para o dia seguinte.
    No dia em que eu não realizar algo de novo é porque morri.

    ResponderExcluir
  14. Muito legal o seu blog! me ocasionou uma reflexão profunda: Quando foi a última vez, que realizei algo pela primeira vez? a mais recente foi quando resolvi criar um blog, deu trabalho..... mas não deixo de pensar nisso, preciso olhar mais pra mim, a vida está passando!!!

    ResponderExcluir
  15. legal
    mas acho que na minha idade ainda dá pra buscar algo de lazer entre as responsabilidades que tenho

    ResponderExcluir
  16. O ideal seria ter tempo para fazer tudo que você quer e se possível, tentar de alguma forma, corrigir aquilo que já foi feito.

    Excelente Blog, abços.

    ResponderExcluir
  17. é estranho pensar que apenas sobrevivemos. Eu mesmo passei um ano trabalhando feito um camelô, sem ter nenhum tipo de divertimento.
    Tudo para ser promovido e, o estranho é que quando tive a oportunidade de subi de cargo, vi que iria trabalhar e viver menos, iria me tornar uma pessoa mais reclusa do que eu estva sendo.

    Gostei do post reflexivo...


    http://hdebarbamalfeita.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  18. Eu tento sempre buscar a auto-satisfação, acho que a felicidade é uma forma de se auto-satisfazer.
    Toda vez que provo para mim mesmo que sou capaz de fazer algo, ou que realizo algum desejo, me sinto realizado.
    As primeiras vezes são as mais difícies, a faltasde experiência sempre me dá um frio na barriga e um desejo de fazer melhor da próxima

    ResponderExcluir
  19. Legal, eu tenho 15 anos e, as vezes, fico pensando nas coisas que quero pro meu futuro e não parece ser tão fácil, a vida muda muito de repente, tornando pensar no futuro, algo que parece tão simples, uma coisa difícil e triste de se fazer.

    ResponderExcluir
  20. O mais bacana da vida é a descoberta. Ninguém sabe tudo de tudo. Isso é impossível! Além disso, a sociedade, o idioma, a tecnologia, a cultura, tudo muda a todo momento. O sabor da descoberta tem gosto satisfação e de saber que ainda temos muito que caminhar nessa vida.

    Abraço,

    =]

    -------------------
    http://cafecomnoticias.blogspot.com

    ResponderExcluir
  21. O comodismo é geral, não existe melhor idade ou pior idade. Todo tempo é tempo pra fazer o melhor. Não existe hora pra descobrir satisfação.

    http://papodomarcelo.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  22. O Rafael detonou nesse texto.
    Que chamada para a vida, para nós, os nossos sonhos!
    E realmente, talvez não seja o tempo, seja o que fazemos dele.
    Excelente reflexão.

    Boa semana pra vc Erich!

    Abços

    ResponderExcluir
  23. belo texto

    as pessoas estão tão acostumado com o dia dia que mão conseguem fazer outra coisa

    valeu

    ResponderExcluir
  24. O mundo tá ficando mecânico.Poucas são as pessoas que para para pensar que o que estão fazendo irá levá-las para a morbidade.
    até mais.

    ResponderExcluir
  25. Eu nem quero saber, me jogo na vida e pronto. A minha frase preferida é: A vida é sua, estrague-a como quizer.

    Belo texto, gostei muito.

    ResponderExcluir
  26. otimo texto...eu tenhu voltado a jogar bola apos uma operaçao no joelho....uhul haha

    abraçoo

    ResponderExcluir
  27. agora tu me pegaste...
    naun sei a resposta....

    ResponderExcluir
  28. Hummm
    Minha última primeira vez foi nesse instante,li pela primeira vez o blog das meninas do vinte e poucos anos (sempre idades...rsrsrs)muito bom por sinal.

    Nunca tinha parado para pensar nisso!
    Valeu Rafael.

    ResponderExcluir
  29. É o tempo não cobra passagem de volta. É preferível ter lembranças a ter saudades.
    Abraços.

    ResponderExcluir
  30. Saudações!
    Amigo Eric:

    É uma chacoalhada nos eternos conformados que assistem a tudo passivamente e reclamam pelos cotovelos, não fazem sacrifícios e muito menos procuram cumprir suas responsabilidades.
    Parabéns pela matéria reflexiva!
    Ótimo Post!
    Abraços,
    LISON.

    ResponderExcluir
  31. Erich,excelente texto.Estamos tão acostumados a apenas reclamar e nada fazer;e ainda buscamos culpados para nossas quimeras;quando na verdade só há um culpado:nós mesmos.
    Bjos

    ResponderExcluir

Por favor ... deixe seu comentário.