2 de outubro de 2008

Advogados.

Estas são frases retiradas do livro 'Desordem no Tribunal'. São coisas que as pessoas realmente disseram, e que foram transcritas textualmente pelos taquígrafos, que tiveram que permanecer calmos enquanto estes diálogos realmente aconteciam à sua frente.

Advogado : Essa doença, a miastenia gravis, afeta sua memória?
Testemunha: Sim.
Advogado : E de que modo ela afeta sua memória?
Testemunha: Eu esqueço das coisas.
Advogado : Você esquece... Pode nos dar um exemplo de algo que você tenha esquecido ?

Advogado : Que idade tem seu filho?
Testemunha: 38 ou 35, não me lembro.
Advogado : Há quanto tempo ele mora com você?
Testemunha: Há 45 anos.

Advogado : Seu filho mais novo, o de 20 anos...
Testemunha: Sim.
Advogado : Que idade ele tem?

Advogado : Sobre esta foto sua... o senhor estava presente quando ela foi tirada?

Advogado : Ela tinha 3 filhos, certo?
Testemunha: Certo.
Advogado : Quantos meninos?
Testemunha: Nenhum
Advogado : E quantas eram meninas?

Advogado : Poderia descrever o suspeito?
Testemunha: Ele tinha estatura mediana e usava barba.
Advogado : E era um homem ou uma mulher?

Advogado : Aqui na corte, para cada pergunta que eu lhe fizer, sua resposta deve ser oral, Ok? Que escola você freqüenta?
Testemunha: Oral.

Advogado : Doutor, antes de fazer a autópsia, o senhor checou o pulso da vítima?
Testemunha: Não.
Advogado : O senhor checou a pressão arterial?
Testemunha: Não.
Advogado : O senhor checou a respiração?
Testemunha: Não.
Advogado : Então, é possível que a vítima estivesse viva quando a autópsia começou? Testemunha: Não.
Advogado : Como o senhor pode ter essa certeza?
Testemunha: Porque o cérebro do paciente estava num jarro sobre a mesa.
Advogado : Mas ele poderia estar vivo mesmo assim?
Testemunha: Sim, é possível que ele estivesse vivo e cursando Direito

35 comentários:

  1. Cara, hilário. É tão hilário que até agora estou duvidando que de fato tenha ocorrido. Mas me parece que às vezes, a realidade é tão absurda quanto a ficção.
    Abraços.

    ResponderExcluir
  2. Bom dia!

    Realmente esse texto foi muito bem escrito...a gente começa a ler e não quer parar. Da mesma forma que o Thomaz, cheguei a duvidar do fato...
    Gosto muito de passar por aqui.

    Bjs!

    ResponderExcluir
  3. Hehehe!! já conhecia essas histórias! são muito boas!!! É incrivel como os advogados querem arrumar saidas para seus clientes, e nessa intenção, falam um monte de besteira.

    Abraço!!

    ResponderExcluir
  4. hUAHuhauHAUh, ótimo! Mas também né, que perguntas essas desse advogado XDD~

    Abraços.
    ='-'=

    http://nerdezasaleatorias.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  5. Muito bom o post. parabéns pelo blog

    ResponderExcluir
  6. kkkkkkkkkkkk

    Vou pedir pra a Dra. Ana vir dar uma olhadiha e comentar!!!

    kkkkkkkkkkkk

    Abç..

    ResponderExcluir
  7. rs
    rs
    rs
    Muito bom.
    É que o cara fica tão preocupado com uma "retórica" que esquece da lógica do que está falando...
    paciência...

    Abs

    ResponderExcluir
  8. Muito bom... rss é qm sofre é o "taquígrafos" ótimo post como sempre

    Passa lá no meu blog depois
    Abraços

    ResponderExcluir
  9. Irado.....
    Não dá pra negar que a possibilidade de tais frases terem sido realmente ditas é quase 100%.
    Maneiro mesmo.

    ResponderExcluir
  10. Putz, agora acabou comigo, são realmente hilárias as passagens, e justamente por isso, pois, sendo estudante de Direito, fico completamente sem reação. Na maior parte do tempo, tudo se enquadra perfeitamente com a realidade.

    ResponderExcluir
  11. Simplesmente acho hilário td isto!!
    hehehe
    tinha recebido este mes mo texto via email...
    Quase inacreditável...

    ;D

    bjus

    ResponderExcluir
  12. HUAHUAHA graças a deus que eles tem faculdade, quem sabe até mais que isso, genios, todos genios, de uma inteligencia impar.
    hauauhauha

    Fique com Deuses do Rock and roll.

    ResponderExcluir
  13. UAHuHAuhUAhUHAuHAuhUAH

    É o que acontece quando a boca é mais rápida que o cérebro!
    :P HAuhUAhUHAuHAu

    ResponderExcluir
  14. HUAUHAUHHUAHUAUHAUHAHUAUHAHUAUHUHAAHUAUHHUAAUH,

    cara. que hilário uhahuauha! eu realmente acredito que tudo isso seja real mesmo. por Deus! eu acredito! auhauhauhuah

    abração!

    ResponderExcluir
  15. Cara, muito bom... Acho que se eu escutasse essas coisas não ia conseguir me segurar, sempre dou risada na hora errada mesmo haha
    Bjocas

    ResponderExcluir
  16. Cara, eu sou graduando de direito e já atuo como estagiário,e não consigo acreditar como pode uma pessoa estudar cinco anos e fazer perguntas tão bizarras.

    Sem dúvidas mancha a imagem de uma carreira tão maravilhosa e fundamental.

    abraço,
    http://comideiaseideais.blogspot.com

    ResponderExcluir
  17. MEU DEUSO!

    Eu nao sei se dou risada ou c eu chorooo!!

    Nao dá pra escolher o melhor dialogo..pq todos realmente MTO BONS!

    Um mais idiota que outro e coitados daqueles q ouviram essas coisas no tribunal...pq realmente nao dah! Hehehehe!

    Bjuu!!
    Mtooooo bommm seu post!
    ADOREI!

    ResponderExcluir
  18. Hilário!
    A última testemunha era mais inteligente que o advogado!
    kakakakak

    Nunca tinha visto algo assim.

    ResponderExcluir
  19. AUEHAEUHaeuAEHUaehuAEHaeuhAEUae
    vou procurar esse livro xDDDD
    abraços!


    http://wallnosekai.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  20. Demais cara,Muito bom mesmo.
    Advogado : Sobre esta foto sua... o senhor estava presente quando ela foi tirada?.Essa parte é a melhor!!!!

    ResponderExcluir
  21. Nossa! gostei XD
    Vou baixar esta livro depois...

    ResponderExcluir
  22. Aii Erich!
    Que ofensa a minha classe!
    Hahahaha
    Poxa...
    Saiba que algumas dessas são usadas como táticas pra descobrir falsos depoimentos.
    Abços!

    http://www.pequen4prendiz.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  23. Hahhahaa

    da hora, gostei :)

    ResponderExcluir
  24. A ultima fechou com chave de ouro, muito legal.

    ResponderExcluir
  25. "Testemunha: Porque o cérebro do paciente estava num jarro sobre a mesa.
    Advogado : Mas ele poderia estar vivo mesmo assim?
    Testemunha: Sim, é possível que ele estivesse vivo e cursando Direito "


    HAHAHAHAHAHAHAHAHA

    Comico ou tragicomico???????

    Amei a postaaaaagem!

    Vai na The History amanhaa???

    Beijooos!

    ResponderExcluir
  26. Concordo com a testemunha!

    Logo q meu meu filho nasceu sua presença me preencheu de tal modo que ele parecia ter vivido ao meu lado desde o início da minha existência! É sério! Eu realmente tive essa intrigante sensação!

    Nâo sei se era o caso, no julgamento, ahahahahaha

    ResponderExcluir
  27. Infelizmente essa é a realidade do Direito no Brasil. =(

    ResponderExcluir
  28. Hahahahah... Vou mandar pra o e-mail da família. Tenho uma família de advogados(rs). Bom... eu sou a ovelha negra da família, a única que resolver sobreviver da arte.
    Seu BLog é muito legaL, TEM UMA BOA PITADA DE HUMOR!
    Bjo grande gato de 30 ( e poucos como eu)

    ResponderExcluir
  29. cara, fala sério...
    como é que esse povo estudou tanto e ainda consegue soltaer essas perolas aí?
    brincadeira, hein??
    rolei de rir...

    ResponderExcluir
  30. Meu Deus...rs...até lembrei do filme "Silêncio dos Inocentes" no final...heheheeh...imaginei o cérebro no vidro...arg!

    Abraço,

    =]
    __________________________
    http://cafecomnoticias.blogspot.com

    ResponderExcluir
  31. "é possivel que ele estivesse vivo e cursando direito" HAHHAHAHHAHAHAHAHAHAHHAHAHAHHAHAHAHHA

    NÃO ACREDITO QUE ESSAS COISAS REALMENTE FORAM DITAS!

    HAHAHAHHAHAHA
    BRILHANTE!!


    shine-on!


    www.alto-qi.blogspot.com

    ResponderExcluir
  32. Cara, não é possível!
    kkkkk

    Sem base!
    Ahh, encontrei um contador,obrigado!

    ResponderExcluir

Por favor ... deixe seu comentário.