12 de agosto de 2008

Crônicas de uma paixão

A Lua de mel foi em Miami e apesar de todo mundo desconfiar se o casamento duraria já que foi uma paixão louca de 4 meses, Cabeça resolveu tomar coragem e assumir a união. As famílias só puderam aceitar o fato.
Vôo tranqüilo, desembarque e imigração sem problemas e foram pegar as malas.
- More, já pegou as malas? e a necessaire ?
- Necessaire ??? que é isso?
- Aquela malinha prata pequena tipo frasqueira que estava junto com as malas.
- Putz, não me lembro de ter despachado.
Nina ficou branca por alguns segundos, todas as maquiagens, perfumes e demais acessórios que nós homens jamais entenderemos como se usa estavam naquela malinha.
- Legal heim more, a sacola com os toblerones que você comprou no free shop não desgrudou do seu lado um minuto.
- Sem stress né Nina, a gente passa em algum lugar e compra os bagulhos básicos.
- Bagulhos??? aaaaaaaaahhhh.
Entraram no ônibus para ir até o hotel Hyat Ocean Drive, na boca da praia em Miami.
- Caraca Nina, olha isso. Bora tirar foto.
- More, vamos fazer o check-in antes, olha só quanta gente chegando.
- Um minuto só, fica ali perto do vaso.

Primeira neurose:

Cabeça levou uns 5 minutos só para achar o local perfeito e arrumar a máquina, ligou o timer em 10 segundos e saiu correndo para abraçar Nina.
Click....!
-Porque você não pediu pra alguém tirar a foto?
- Nem, os caras não conseguem pegar os detalhes e enquadram tudo errado.
A fila do check in nessas horas já estava lotada de brasileiros. Pegou a chave e correu para o quarto para aproveitar os primeiros minutos de lua de mel mas antes, parou para tirar mais umas 5 fotos com timer de 10 segundo e irritando Nina. Isso iria acontecer várias vezes durante a viagem.
- 626, 628, aqui, chegamos no 630.
Abriu a porta e se deparou com duas camas de solteiro. Desceu na recepção e a informação dada foi:
- Tem muitos hóspedes, infelizmente o Sr. fez o check in por último e não temos mais nenhum quarto disponível.
Lógico que não contou o detalhe do check in por último para Nina.
- Não acredito !!!
- A gente dorme na mesma cama princesa. É mais romântico.
Resolveram tomar um banho juntos, demorado, quente e depois se trocar para ir comprar as coisas da frasqueira prata de Nina.

Segunda neurose :

-Será que ta frio?
- Nossa more, tava calor la embaixo.
- hummm, sei não, deve esfriar de noite e não suporto frio.
- Voce está doente, deve estar uns 35 graus.
Cabeça saí com uma baita jaqueta.
- Se ta achando que vai nevar é?
- Detesto passar frio, relaxa que eu seguro a blusa.
Resumo, cabeça molhou a camiseta de tanto calor que fazia em Miami.

Terceira neurose:

Passaram por quatro locais antes de voltar ao Wall-Mart, pois cabeça não gasta dinheiro sem pesquisar antes e tudo que Nina pegava ele olhava o preço e procurava algo similar mais barato do que tinha anotado nos outros mercados.
- Por que você trocou o corretivo que eu peguei?
- Esse é igual e metade do preço.
- Mas nunca vi essa marca antes.
- Ué, da uma chance, aliás, todos os produtos dessa marca são mais baratos.
- Quem esqueceu minha nécessaire foi você mocinho, agora agüenta que vou ter que comprar tudo de novo.
- Só por Deus viu, o que é isso aqui?
- Peguei um pote de creme anti-rugas para mamãe.
- Você ta de brincadeira comigo!!! Essa fortuna?? Ela compra no Brasil que tem igual e pode pagar no cartão em 5 vezes.
- Ái que pão duro!!!
De volta ao hotel dormiram espremidos, mas de forma romântica.

Quarta neurose:

Levantaram super cedo pois, cabeça acha que não pode dormir em dólar e resolveu acordar as seis. Nina ficou muito feliz.
Cabeça carregando sua pesada jaqueta ficou a manhã toda reclamando de dor nas costas até que depois do almoço não agüentava mais nem andar.
- Putz Nina, ta doendo demais. Acho melhor ir para o hospital.
No hospital cabeça foi logo para as salas de exame e por sorte o médico falava um portunhol. Uma hora depois com muita dor e vários exames o Dr volta:
- Você está com três pedras no rim. Vou te dar um remédio para tirar a dor e tome muita água que as pedras saem sozinhas.
Cabeça tomou uma dose cavalar de morfina, sim, morfina pura e apagou por 10 horas seguidas dentro do hospital deitado na cama.
E a Nina? Leu todas as revistas da recepção, dormiu no sofá, acabou com os M&M da máquina do final do corredor e ficou ao lado do marido.
Cabeça acordou, pegou o refil de morfina em caso de mais dor e foram para o hotel.
Passando pela recepção, Nina foi chamada e recebeu a notícia de que sua terceira mala tinha sido encontrada e ficou surpresa quando o moço colocou a nécessaire no balcão.
- More!!! Olha só o que eu achei?
- Que é isso ?
- A nécessaire que você falou não ter despachado. Ela veio só que deixamos no aeroporto.
- Putz, você não abriu as coisas que compramos né? Vamos trocar tudo.
- Ta bom!!!!, Ta comprado lindinho.
- Nananinanão, vamos trocar !!!
- Que coisa chata, toma mais morfina vai, você estava melhor apagado.
Subiram para o quarto e como cabeça estava melhor e a viagem estava acabando resolveram sair rápido para curtir Miami.

Quinta neurose :

- Ta pronta? Cadê a máquina?
- Sei lá. Estava com você.
-Pow Nina, eu fiquei apagado no hospital, como é que estava comigo?
- Nem lembro onde coloquei.
Vasculharam o quarto e nada.
- Vamos voltar no hospital.
- Aaa não!!! A gente compra outra.
- Nem ferrando, não vou gastar mais sendo que a máquina está no hospital e outra, detesto perder minhas coisas, é sentimental.
Voltaram no hospital e não acharam nada.
No caminho de volta ao hotel o silencio imperava no taxi e como já era tarde resolveram pedir alguma coisa para comer no quarto.
O dia seguinte seria o último dia inteiro em Miami e acordaram as seis de novo e foram para a rua.
Na saída do hotel uma surpresa, Angelina Jolie e Brad Pitt entrando pela mesma porta. Param na frente de Nina e ela corre, abraça os dois e grita :
- More, rápido, tira a foto.
- Com o que sua cabeçuda?
- Não acrediito!!!! Não creio, não creio, você sabe como eu amo esse casal.
- E a culpa é minha? Quem perdeu MINHA máquina foi você.
O resto do dia usaram para conhecer um pouco de Miami naquele clima desagradável.
Cabeça com dor por causa das pedras e Nina brava por ter perdido a foto com Brad.
Voltaram, arrumaram tudo, dormiram cada um em uma cama e bye bye Miami.
Chegada calorosa, ambas as famílias esperando com faixas, uma festa.
Em casa, os dois discutem e o clima fica pior e com uma decisão arriscada, cabeça resolve ir para a casa dos pais alegando que os dois não se conheciam direito e precisava de um tempo.
Escutou até de madrugada da mãe e do pai aquele famoso “ eu avisei “.
Quinze dias depois, os dois se reencontraram a pedido de Nina.
- Sabe a máquina ?
- An, o que tem?
- Tava no bolso daquela maldita jaqueta que você carregou todos os dias sem usar.
- Sério? Acho que eu que coloquei enquanto estávamos indo para o hospital.
- Tem mais, sabe a tal marca dos cosméticos que você me fez comprar por ser mais barata?
- Sei.
- Me deu uma baita alergia, o dermatologista pediu todos os produtos para verificar e disse que essa marca é uma porcaria, de quinta categoria que eu estava proibida de usar e sugeriu jogar tudo fora principalmente agora que estou grávida.
- O que? Grávida? Como assim?
- Pois é more, aquele banho demorado do primeiro dia.

Beijos calorosos de reconciliação com juras de amor e pedidos de desculpa.

...mas as pedras no rim de cabeça ainda estão lá..

38 comentários:

  1. oi, gostei do texto. tá aí. vou voltar. abraço.

    http://afoborio.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  2. cara que medo...
    vc está gorando as paixões

    ResponderExcluir
  3. tocando nos sentimentos humanos enfim muito legal o texto gostei mesmo

    ResponderExcluir
  4. Adoro estas histórias com final feliz, você não imagina o quanto...
    Principalmente pelo miolo delas...
    Essas divergências a dois são realmente divertidíssimas e são mais que reais. São cotidianas até.
    Eu nunca morei junto, mas já viajei junto, clima romântico, e sempre um atritozinho no meio do caminho.

    ResponderExcluir
  5. Noooossa, que misturada hein!!!
    Adorei!!!

    Beijocas

    ResponderExcluir
  6. gosteii do blog! :]

    volto sempre qe possivel! :*

    beiijos moxinho de 30 e poucos!

    ResponderExcluir
  7. desculpa... tava fazendo uma "petição trabalhista"... esqueci...

    o texto mostra bem as diversas facetas da psiquê humana, principalmente deste ser muito caracteristico chamado turista brasileiro....
    agora é sua vez... de uma olhada e comente.. http://www.hellboynews.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  8. Nossa que post perfeitooo
    Hehe.. ri muito com as histórias..
    O pior de tudo é, como vai pra MIAMI pra passar cada situação dessa, rsrs
    Estou rindo demais..
    E adorei o final... muito feliz
    Parabens pelo blog...
    E te espero no meu!

    ResponderExcluir
  9. Olá...
    Paixão para os dias, compras, máquinas e reconcialições em Lua de Mel...
    Assim caminham os casais, mas nem sempre com juras de amor - ao final...
    Bela narrativa...
    Abraços
    Everaldo Ygor
    http://outrasandancas.blogspot.com/
    "Garganta"

    ResponderExcluir
  10. Ai que lindo!!! rsrs

    Mas é bem por ai mesmo, no namoro é tudo muita festinha, muita flor .. tudo é só doce, quando realmente estamos juntos da pessoa.. convivendo principalemente em baixo do mesmo teto que vemos quem é quem .. rsrsr
    as manias .. defeitos .. e outras coisinhas.. kkkkkkkkk

    amei o texto .. rsrsr

    ResponderExcluir
  11. Tou em casa sozinho rindo bem alto com os seus textos kkkkkkkkkk

    Faz um livro de verdade e publica pow, garanto que faria o maior sucesso.

    Abraço

    ResponderExcluir
  12. hahaha, muito bom!

    adorei esta: "Levantaram super cedo pois, cabeça acha que não pode dormir em dólar"... parece eu...kkkk

    Como sempre, parabéns pelo blog.

    abs

    http://curiososecia.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  13. mais uma vez estou passando para parabeniza-lo pelo seu blog e por seu trabalho
    continue assim q vc irá longe

    ResponderExcluir
  14. adorei o texto... me senti assistindo aquelas comedias romanticas bem leves e gostosas , que fazem a gente ter certeza que a coisa mais complicada do mundo é se relacionar , mas oa mesmo tempo é a coisa mais gostosa da vida tambem!
    todos os problemas que eles tiveram... e de repente a deliciosa surpresa , de outra vida que começa deles! otimo...

    ResponderExcluir
  15. Seu texto me lembrou uma comédia que assisti algum dia. E viva a intertextualidade. Muito legal seu texto. Eu tenho uma dificuldade imensa em desenvolver texto com diálogos inseridos. Parabéns.

    Abs
    Raquel

    http://devaneioseloucuras-raquel.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  16. Opa, blz=?
    to aki retribundo sua visita no meu blog..

    vlew cara..
    otimoo blog

    fALo

    ResponderExcluir
  17. nossa
    blog mtuuu legal
    igual ao post :DDD
    poucos blogs tem posts divertidos como esse ^^
    passa no meu tb
    http://dancmusic.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  18. Muito engraçado, por sinal algumas das frase do texto me parecem um déjà vu

    ResponderExcluir
  19. Típico comédia romântica,imaginei o cenário e tudos mais. *-*
    Ótima descrição a sua,parece tão real. rs
    Adorei. *-*

    Bjks ;*

    ResponderExcluir
  20. O final é o melhor, parece com um filme que eu vi, mas esqueci o nome.

    *:

    ResponderExcluir
  21. PQP! ...
    gravida!
    cara, eles nao tem nada ha ver um com o outro
    ainda bem q isso é so uma historia
    é so uma historia ne? ...

    ResponderExcluir
  22. Caraca!
    Adorei isso aki!
    rsrsrs...
    Parece um pouco aquele filme "Antes só do que mal casado", casou rápido e se deu mal...
    Ainda bem que essa historia teve final feliz! =)
    Beijos!

    ResponderExcluir
  23. tah show seu blog veio

    abraços
    http://blogaragem.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  24. é la no meu blog fico diferente mas foi publicação do meu parceiro dexa eu dexa claro

    num sou adepto do chitão e xoro la não

    ResponderExcluir
  25. Massa demais as crônicas beem sinistras tbm rsrsrs abrass!

    ResponderExcluir
  26. kdsoapkdsaopdkoa.
    Nossa, adorei o texto.
    Engraçadíssimo. ^^

    ResponderExcluir
  27. Uma delícia te ler, amei.
    Volto mais vezes!

    Beijos.

    ResponderExcluir
  28. Demorei para comentar porque o texto é longo, mas eu adorei!
    Coitado do casal, deve ter sido uma aventura e tanto!
    :)
    O final, foi muito interessante...
    "Mas as pedras no rim de Cabeça ainda estão lá"
    GENIAL!
    kk

    Abrazz!
    http://blognoticiascomentadas.blogspot.com/
    http://blogataverna.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  29. haha

    Sacudirei tudo. Vou ficar um pouco 'off' da minha vida, ando precisando de descanso. ^^

    Rapaz, tive lendo seus post antigos, maravilhosos!

    Parabéns!

    ResponderExcluir
  30. Ah, casar é coisa de fiádasputa mesmo... todo mundo sabe, mas todo mundo faz...

    ResponderExcluir
  31. Esse tema é gostoso, realmente bastante inspirador =D

    bjo

    ResponderExcluir
  32. saudhasudhuasdhauh
    Muito bom. Ahh, como eu adoro blogs com histórias interessantes e engraçadas. Não li os outros posts, mas irei.
    Uma das melhores partes foi da câmera. Tadinha... (Nem é,ok)
    A última tbm foi muito boa.
    Continue escrevendo que eu continuarei lendo ó_ó
    (Acredite, sou fiel aos blogs que simpatizo)

    Tshaaaal 8D

    ResponderExcluir
  33. opa!
    gostei da crônica, embora no inicio sempre esperemos para ver as outras partes^^
    não suma e mantenha sempre contato, pois me interessei pela escrita^^

    abraço^^

    ResponderExcluir
  34. Querido avassalador Erich...seu teclado tem o peso certo para prender o leitor de blog! Texto leve, divertido. Fiquei curisosa? O casal existe? tem alguma fonte inspiradora?
    A Nina poderia ser qualquer mulher que eu conheço, incluisive eu mesma (rindo) até lembrei de uma comedia que assisti há pouco em DVD ... Antes só do que mal casado ( acho que o nome era esse, nem sei... enfim).
    Voltarei mais vezes.
    Venho nos visitar tb.
    http://avassaladorasrio.blogspot.com

    bjs avassaladores.

    ResponderExcluir
  35. Conheço essa história de algum lugar... Ah,ah,ah!!

    Bjs. Adorei

    ResponderExcluir
  36. Este comentário foi removido por um administrador do blog.

    ResponderExcluir

Por favor ... deixe seu comentário.